Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Só este ano 70 017 pessoas foram presas no estado do Rio

Dados do Instituto de Segurança Pública aponta que uma pessoa foi presa a cada seis minutos. Mais da metadade das pessoas não cometeram crimes de alto potencial agressivo

Por Redação Veja Rio Atualizado em 5 dez 2016, 11h43 - Publicado em 26 out 2015, 16h50

Os dados do Instituto de Segurança Pública, órgão do governo do estado, apontam que 70017 pessoas deram entrada nas delegacias fluminenses este ano. O número indica que a cada seis minutos uma pessoa foi presa, no entanto, mais da metade foi liberada pouco tempo depois, em delitos como uso de drogas, embriaguez ao volante, lesões corporais, apostar no jogo do bicho ou fazer ameaças. Nestes casos se enquadraram 25718 pessoas, que representa 36,73% do total. Outros 11718 indivíduos, 16,73%, também foram liberados depois de cometer delitos de menor potencial agressivo.

+ Quatro linhas de ônibus deixam de circular nesta segunda

Entre os crimes de maior gravidade ou aqueles presos por cumprimento a mandados judiciais correspondem a 32581 pessoas, ou 46,5% do total. Mesmo estes casos refletem novas baixas a partir de decisões do Tribunal de Justiça do Rio. Após a primeira audiência, em alguns casos a pena é relaxada.

+ Confira as mudanças no trânsito na Tijuca

Entre os jovens presos, o número do ISP demonstra que eles não são soltos assim que chegam à delegacia. Somente este ano, foram apreendidos 9.859 adolescentes em flagrante. Em 860 casos, ou 8,7% , a polícia apenas registrou a ocorrência. E em 8.999 (91,3%) foi feita a instauração de procedimento (Nota de Pleno e Mandados de Busca e Apreensão) e 7 894 adolescentes (87,7%) foram encaminhados ao Departamento Geral de Ações Socioeducativas, o Degase.

Continua após a publicidade
Publicidade