Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Rock in Rio 2022: como funcionará o esquema de trânsito para o festival

Haverá um serviço de ônibus exclusivo para quem vai ao festival, o Rock Express. Evento acontecerá nos dias 2, 3, 4, 8, 9, 10 e 11 de setembro

Por Redação VEJA RIO Atualizado em 3 ago 2022, 17h27 - Publicado em 3 ago 2022, 17h26

Faltando menos de um mês para o grande festival, a Prefeitura do Rio anunciou nesta quarta (3) o esquema operacional de trânsito do Rock in Rio 2022. A edição, que acontece nos dias 2, 3, 4, 8, 9, 10 e 11 de setembro, tem como novidade o Rock Express, um serviço de ônibus exclusivo. O transporte será administrado pelo próprio evento e levará passageiros das estações do BRT Jardim Oceânico e Terminal Alvorada até o Parque Olímpico.

+ Rock in Rio: como fazer o download dos ingressos digitais

Com ida e a volta inclusas, o bilhete custará R$ 22,00 e deverá ser comprado pelo site www.transporterockexpress.com.br. O ônibus utilizará a calha do BRT e seguirá para o festival sem paradas. O primeiro sairá das estações de embarque às 12h, enquanto o último partirá às 5h do terminal da Cidade do Rock. 

“É importante que a pessoa compre antecipadamente as passagens de ida e volta, para que possa sair com rapidez do evento. O serviço do BRT que serve à população em geral vai funcionar normalmente”, disse em coletiva a secretária de Transportes Maína Celidonio.

Compartilhe essa matéria via:

De acordo com o planejamento da prefeitura, três serviços do BRT e seis terminais e estações terão funcionamento 24 horas nos sete dias de evento. Além disso, dezessete estações funcionarão somente para desembarque de 0h às 4h.

Veja o esquema de funcionamento completo do BRT:

Serviços que funcionarão 24h:

– 11: Alvorada x Santa Cruz
– 51: Recreio x Vila Militar
– 41: Recreio x Madureira

Terminais e estações que funcionarão 24h:

– Estação Riocentro
– Estação Minha Praia
– Terminal Alvorada
– Terminal Recreio
– Estação Salvador Allende
– Terminal Jardim Oceânico

+ Veja a programação completa do Rock in Rio 2022

Estações que funcionarão para desembarque de 0h às 4h:

– Estação Novo Leblon
– Estação Pedra de Itaúna
– Estação Gláucio Gil
– Estação Recreio Shopping
– Estação Ilha de Guaratiba
– Estação Mato Alto
– Estação Magarça
– Estação Pingo D’Água
– Estação Santa Cruz
– Estação Santa Efigênia
– Estação Taquara
– Estação Tanque
– Estação Praça Seca
-Terminal Paulo da Portela
– Estação Marechal Fontenelle
– Estação Magalhães Bastos
– Estação Vila Militar

Fechamento das estações de BRT do entorno:
– Rio 2: 22h às 6h (normal do dia a dia)
– Parque Olímpico: 14h às 6h
– Morro do Outeiro: fechada 24 horas durante os dias de evento

Continua após a publicidade

Interdições no trânsito

O entorno do Parque Olímpico terá diversas interdições durante o festival. Um dos pontos bloqueados será a Avenida Embaixador Abelardo Bueno, no trecho entre a Estrada Arroio Pavuna e Avenida Salvador Allende, das 14h às 6h.

Somente moradores com veículos cadastrados previamente, carros oficiais e o BRT terão permissão para passar nos pontos de bloqueio. A prefeitura recomenda que os moradores evitem a circulação de carro nas áreas bloqueadas, sempre que possível, devido ao grande número de pedestres em circulação.

+ Rock in Rio terá apresentações de musical criado por Roberto Medina

“Recomendamos que moradores e quem mais for se deslocar pela região que priorizem o horário da manhã, em que não haverá bloqueios no trânsito. Como grande novidade este ano, vamos fazer o controle das áreas bloqueadas através de cancelas. Os moradores e veículos credenciados receberão tags, que abrirão automaticamente as cancelas, o que vai agilizar bastante os deslocamentos e reduzir a possibilidade de fraudes”, explicou o presidente da CET-Rio Joaquim Dinis.

O estacionamento na região também estará proibido, além dos locais já regulamentados. Por isso, é recomendado que o público acesse o local do evento por meio do transporte público. Em casos de acidentes, dezessete reboques estarão posicionados em pontos estratégicos para desobstrução do trânsito.

Toda a área do evento também será monitorada por equipes da CET-Rio, direto do Centro de Operações da prefeitura. Ao todo, serão instaladas 129 câmeras no entorno da Cidade do Rock.

Patrulhamento, limpeza e vigilância sanitária

A prefeitura contará com 962 agentes por dia para monitoramento, fiscalização e controle do trânsito, dos ambulantes, das vias de acesso e estações do BRT e outras ações emergenciais. Serão 621 agentes por dia somente da Guarda Municipal (GM-Rio) para serviços relacionados ao trânsito, além de 158 agentes diários do BRT Seguro para o patrulhamento das estações.

+ Todo feito de aço, palco principal do Rock in Rio será 100% reciclável

Quanto à limpeza, a Comlurb preparou um esquema especial com 181 garis por dia na área externa do festival. O percurso entre os terminais rodoviários e o local do evento também ganhará 200 contêineres de 240 litros para coleta de lixo. Já o Programa Lixo Zero vai atuar no entorno do Parque Olímpico para fiscalizar o descarte irregular dos resíduos e impedir que pessoas urinem nas vias públicas.

No interior do evento, a companhia também atuará com 761 garis por dia. Além disso, todo material reciclável coletado ao longo do evento deverá ser entregue às as cooperativas para reaproveitamento, enquanto os resíduos orgânicos irão para o EcoParque do Caju, onde serão tratados e transformados em adubo.

Já as ações de vigilância e de resposta às emergências de saúde pública são responsabilidade da CIEVS Rio. Uma equipe de oito técnicos ficará responsável pela tomada das medidas emergenciais, no caso da identificação de doenças como varíola dos macacos (monkeypox) e Covid-19 entre o público do festival, por exemplo.

+ Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Saiba tudo o que acontece na Cidade Maravilhosa. Assine a Veja Rio e continue lendo.

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas do Rio.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)

Impressa + Digital

Plano completo da Veja Rio! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da Veja Rio, diariamente atualizado.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas do Rio.

Receba mensalmente a Veja Rio impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet

a partir de R$ 12,90/mês