Continua após publicidade

Preparação olímpica: Rio2C abre espaço à tecnologia e inovação esportiva

Com a proximidade dos Jogos de Paris, maior evento de criatividade da América Latina ocupa a Cidade das Artes com debates e participação de atletas

Por Luiza Maia
17 Maio 2024, 06h00

Em contagem regressiva para a Olimpíada de Paris, entre 26 de julho e 11 de agosto, a preparação dos atletas se intensifica, assim como a expectativa pela conquista de medalhas se eleva. A maratona que antecede o grandioso evento, porém, ultrapassa os treinos em quadras, pistas e piscinas. Na esteira dos Jogos, o maior evento de criatividade da América Latina, o Rio2C, dá a largada na Cidade das Artes, na Barra, em uma edição cuja programação irá abrir espaço a tecnologia e inovação no universo esportivo. Numa parceria inédita com o Comitê Olímpico Brasileiro (COB), haverá três palcos dedicados ao tema no dia da abertura, e as discussões seguem ao longo do encontro. Atletas, técnicos e empreendedores vão tomar a cena e ocupar as mesas, como o nadador Fernando Scherer, o jogador de vôlei Alison Mamute e o lutador Ícaro Miguel. “Será a segunda edição do Summit Sports Innovation, que teve um retorno excelente do público e dos palestrantes em 2023. Este ano, voltamos ainda mais fortes com a parceria com o COB”, conta o organizador, Rafael Lazarini, o fundador do festival, em 2018.

Palco do encontro: a Cidade das Artes, na Barra, recebe o festival de 4 a 9 de junho
Palco do encontro: a Cidade das Artes, na Barra, recebe o festival de 4 a 9 de junho (Fotos Divulgação/Divulgação)

Rio2C

A diversidade de assuntos abordados entre 4 e 9 de junho comprova a umbilical ligação entre inovação e esporte. A agenda levanta debates que vão do empreendedorismo à inteligência artificial, percorrendo o uso de tecnologia em saúde, neurociência, condicionamento físico e bem-estar — essenciais à performance —, além de questões na zona do entretenimento e da publicidade, como marketing esportivo, direitos de transmissão, streaming e monitoramento de dados. Os painéis constituirão uma chance única a quem busca uma visão do esporte sob o ângulo daqueles que vivem para isso. “A ginástica é o que eu amo, faz parte da minha vida desde que me conheço como gente. Vou adorar dividir essa história”, diz Jade Barbosa, 32 anos, que conquistou um inédito ouro no solo na etapa da Turquia da Copa do Mundo de ginástica artística, em abril, e irá representar o Brasil em Paris. Ela estará na mesa Além dos Resultados: a Relação entre Esporte, Qualidade de Vida e Alta Performance, ao lado de Felipe Vidal, fisioterapeuta e osteopata das principais atletas do Time Brasil. “É importante ressaltar que a prática esportiva gera bem-estar e qualidade de vida, reforçando o âmbito social e gerando mais saúde física e mental. Vejo cada vez mais pessoas querendo se exercitar com esse intuito”, enfatiza.

Continua após a publicidade

arte Rio2C

No país do futebol, haverá lugar para debates em torno de modalidades menos praticadas, que, no entanto, têm encontrado solo fértil no Brasil. É o caso do futebol americano, que ganha protagonismo no painel Fandom: a Relação entre Fãs, Engajamento e Comunidade, no dia de abertura do Rio2C. “O número de fãs tem crescido, o que é mais visível em fevereiro, graças ao Super Bowl. Diversos bares e estabelecimentos fazem a transmissão do evento, aproximando o público”, explica Cristiane Kajiwara, uma das integrantes da mesa e presidente da Confederação Brasileira de Futebol Americano (CBFA), que contabiliza mais de 18 000 jogadores. O painel terá moderação da jornalista Leda Maria da Costa, pesquisadora do Laboratório de Estudos em Mídia e Esporte da Uerj, e presença do fotógrafo e ex-skatista profissional Rodrigo Vargas de Lima. O bate-papo ainda vai celebrar a conquista do flag football, uma variação em que o jogador deve retirar do adversário a fita amarrada na cintura para interromper a jogada. A modalidade se tornará olímpica em 2028, nos Jogos de Los Angeles. “O time feminino brasileiro é hoje o quarto melhor do mundo, o que nos dá chances de brigar por uma medalha no futuro”, aposta Kajiwara.

Programação olímpica: o fundador do festival, Rafael Lazarini, fechou parceria com o COB
Programação olímpica: o fundador do festival, Rafael Lazarini, fechou parceria com o COB (Filmart/Divulgação)

Com expectativa de receber público de 45 000 pessoas, a atual edição do Rio2C será a maior da história, com catorze palcos e mais de 1 600 palestrantes, como Carlos Saldanha, diretor das animações Rio e A Era do Gelo, o influenciador Casimiro (CazéTV) e cantores como Ney Matogrosso e Jão (veja os destaques internacionais no quadro ao lado). Além do Summit Sports Innovation, a programação contará com o Summit Creator Economy, em parceria com a Play9, com olhar sobre os influenciadores, seus conteúdos e tecnologias, e o Summit Brands&Co, que trará lideranças do marketing e da publicidade ao palco. No fim de semana, serão oferecidas experiências imersivas com uso da realidade virtual, palestras, oficinas e masterclasses.

+ Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

O evento já registra um número recorde de projetos inscritos: serão 1 533 participantes nos pitchings e 1 216 nas rodadas de negócios. “O Rio2C ajudou a cidade nos últimos anos a se posicionar como potente indústria criativa. E queremos crescer, oferecendo conteúdos ao longo do ano e expandindo para outros locais”, afirma Lazarini. Marca carioca, a criatividade, que tanto fomenta a inovação, não pode parar.

Continua após a publicidade
Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.