Clique e assine por apenas 7,90/mês

Rio terá cerca de 5200 roubos de carga no 2º semestre, estima FGV

Estudo divulgado nesta sexta (3) analisou ocorrências do tipo no estado

Por Redação VEJA RIO - 3 ago 2018, 19h44
Sam Hart/Veja Rio

Cerca de 5200 casos de roubo de carga devem ser registrados no Rio no segundo semestre de 2018. A estimativa foi divulgada nesta sexta (3) pela Diretoria de Análise de Políticas Públicas da Fundação Getúlio Vargas (FGV DAPP).

O centro de estudos levou em conta a quantidade de casos verificados nos últimos anos e outros fatores para estimar o número. Ele é ligeiramente menor do que aquele verificado entre julho e dezembro do ano passado, quando foram contabilizados 5419 roubos. Entretanto, a estimativa é maior do que o total de roubos de carga no Rio no primeiro semestre (5036).

“Esse tipo de crime possui como alvo a carga transportada para ser distribuída para venda dos mais variados tipos de mercadorias, desde gêneros alimentícios e produtos de cosmética até mercadorias com alto valor, como celulares e computadores”, afirmaram representantes do FGV DAPP na nota divulgada à imprensa. O estudo completo está disponível no site da instituição.

Publicidade