Clique e assine por apenas 3,90/mês

Rio adotará aplicativo para cobrar estacionamento nas ruas, como em Búzios

Modelo pode significar o fim da presença dos flanelinhas e prevê o uso de app para pagamento e controle das vagas para carros nas vias públicas da Zona Sul

Por Cleo Guimarães - 17 ago 2020, 11h36

‘Donos’ das ruas há décadas, os flanelinhas que atuam na Zona Sul da cidade (e, para não perder “vendas” agora aceitam pagamento em cartão de crédito ou débito) podem estar com os dias contados. A Prefeitura está em vias de assinar um contrato com a Embrapark para que a empresa volte a administrar as quase 9.600 vagas do Rio Rotativo, como já havia feito entre 2009 e 2014 – não sem alguma polêmica, já que sua prestação de contas está sendo contestada pelo Ministério Público.

Sossego à beira-mar: quiosques para curtir o Rio ao ar livre

O modelo atual prevê o uso de aplicativos para pagamento e controle dos espaços na via pública, de modo semelhante ao adotado pela prefeitura de Búzios desde 2014. Naquele balneário, a arrecadação do pagamento é feita pela empresa Summer Parking, que cobra R$ 3,50 por hora, com permanência máxima de 6 horas perto das praias. Fiscais, monitores e atendentes fazem a cobrança no momento da chegada ou via app, com a compra de créditos antecipados, debitados conforme forem sendo utilizados.

Flamengo: ‘Fase tá braba mesmo’, diz vice-presidente de futebol

No Rio, os valores cobrados serão de R$ 5, por duas horas, e R$ 15, por seis horas. As vagas – nos seguintes bairros: Leblon, Ipanema, Copacabana Leme, São Conrado, Jardim Botânico, Gávea e Lagoa -, serão assumidas pela Embrapark 30 dias após a assinatura do documento, que está sendo finalizado. O aplicativo funcionará no celular, com dados do motorista e do cartão de débito ou crédito.

+Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Trezentos guardadores serão contratados como supervisores e usarão coletes e crachá de identificação. Em caso de infrações, eles anotarão as placas dos carros e, se necessário, farão fotos.

Continua após a publicidade
Publicidade