Clique e assine por apenas 4,90/mês

Após aglomerações em bares, influenciadores cariocas pedem conscientização

Carta aberta ao Rio, divulgada no Instagram, lembra mais de 10 000 mortes por Covid-19 e presta solidariedade a famílias de vítimas

Por Marcela Capobianco - Atualizado em 3 jul 2020, 13h25 - Publicado em 3 jul 2020, 12h34

As imagens registradas na Rua Dias Ferreira, no Leblon, Zona Sul do Rio, na noite desta quinta (2), chamam a atenção por mostrar frequentadores de bares aglomerados, sem máscaras e desrespeitando o isolamento social.

+ Rio registra mais de dez mil mortes por Covid-19

Afinal, os bares e restaurantes puderam reabrir, mas parte deles não conseguiu respeitar as Regras de Ouro impostas pela prefeitura do Rio por causa da aglomeração de clientes nas calçadas.

+Primeira noite de funcionamento de bares tem aglomerações no Rio

Continua após a publicidade

Diante disso, um grupo de influenciadores digitais e pessoas que administram perfis sobre o Rio no Instagram se juntaram e escreveram uma carta aberta aos moradores do Rio, pedindo conscientização.

+ Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

“Vimos a público reforçar nosso repúdio aos atos inconsequentes de parte da população carioca, que insiste em negligenciar a gravidade da pandemia do coronavírus e naturalizar a morte de milhares de pessoas”, diz um trecho da mensagem, postada nas redes sociais de cada infuenciador.

Entre os signatários, estão os perfis O Que Fazer No Rio, Rio Antigo, You Must Go, Rio Fácil Oficial, Cariocando no Rio, Onde Comer no Rio, E o Rio Era Assim, Rio Nosso de Cada Dia – RJ, O Rio Não É Só Praia, Diário do Rio, De Olho No Rio, Rio de Boas Notícias, Maior Viagem, Rio de Janeiro Trip, Rio Com Crianças, Rio de Rolé, O Rio E o Carioca, O Rio Que Não Vivi, Giro da Carioca, Onde Ir No Rio, Por Aí No Rio, Agenda Carioca, Juju na Trip, Old Rio Photos e Embarque na Viagem.

Continua após a publicidade

View this post on Instagram

Nós, dos perfis de Instagram sobre assuntos relacionados ao Rio de Janeiro, vimos a público reforçar nosso repúdio aos atos inconsequentes de parte da população carioca, que insiste em negligenciar a gravidade da pandemia do coronavírus e naturalizar a morte de milhares de pessoas. Em um momento em que o país reúne mais de 1,5 milhão de infectados e 62 mil mortos, dentre eles mais de 10 mil no Rio de Janeiro, o respeito às normas de segurança é um dever de todo cidadão. Nos solidarizamos com as famílias de cada uma das vítimas, pois perder um ente querido é ser invadido pela mais cortante das dores. Empatia e apoio fazem toda a diferença. É muito triste ver como a nossa cidade vem tratando algo tão sério. Esperamos que o Rio de Janeiro acorde para o que estamos enfrentando e nos colocamos à disposição para ajudar a cidade a se reerguer, com responsabilidade, dentro das recomendações de saúde. @oquefazernorio @ondecomernorio @eorioeraassim @rionossodecadadiarj @riofaciloficial @orionaoesopraia @diariodorio @rioantigo @deolhonorio @riodeboasnoticias @maiorviagem @youmustgoblog @riodejaneirotrip @riocomcriancas @rioderole @orioeocarioca @orioquenaovivi @cariocandonorio

A post shared by O que fazer no Rio (@oquefazernorio) on

Continua após a publicidade

+Academias do Rio reabrem com agendamento prévio

Publicidade