Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Projeto de revitalização do Canecão não avança na Assembleia Legislativa

Proposta do deputado Waldeck Carneiro (PT) autorizaria uma parceria entre a Alerj e a UFRJ para que a casa de shows fosse reformada e reaberta

Por Marcela Capobianco 30 abr 2021, 16h37

Posto em pauta na Assembleia Legislativa do Rio na última quarta (28), o projeto que prevê uma parceria entre a Alerj e a Universidade Federal do Rio de Janeiro para reformar e reabrir a casa de shows Canecão saiu de pauta.

+ Comuna reabre na Lapa com drinques e os famosos hambúrgueres

A proposta teve 11 emendas de outros deputados e, por isso, acabou não avançando na casa. Não há data para uma nova votação.

De autoria do deputado Waldeck Carneiro (PT), o texto prevê que possa ser editada uma norma específica para autorizar a transferência dos recursos do Fundo Especial da Alerj para o Canecão.

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

Continua após a publicidade

O espaço pertence à UFRJ e fechou as portas há quase dez anos, em maio de 2010. Desde então, vários imbróglios impedem a reabertura da casa de shows.

+ Museus na palma da mão

“Nos últimos três anos, a Alerj vem estabelecendo diálogos e parcerias efetivas com a comunidade científica do Rio de Janeiro. Esse projeto se insere nessa lógica, pois se trata de proposta sobre um dos mais célebres espaços culturais do Brasil, o Canecão, fechado há uma década e que precisa ser devolvido à sociedade no mais breve tempo.”, justifica Carneiro, que tem esperanças de que a proposta volte à pauta o mais rápido possível.

+ Maria Ribeiro: Deseja recomeçar?

Também assinam como coautores do projeto os deputados André Ceciliano (PT), Eliomar Coelho (Psol) e Flávio Serafini (Psol).

Continua após a publicidade
Publicidade