Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Museus na palma da mão: exposições cariocas para visitar pela internet

Em tempos pandêmicos, centros culturais como o Museu do Amanhã, o CCBB e o MAM Rio investem nas visitas virtuais

Por Marcela Capobianco Atualizado em 14 abr 2021, 17h32 - Publicado em 16 abr 2021, 07h00

Que tal navegar por galerias de prestigiadas instituições culturais do Rio sem sair de casa? Conteúdo é o que não falta.

MAM Rio.

Através da tecnologia 3D é possível passear pelo museu e ver detalhes das obras expostas em 35 Revoluções: Irmãos Campana, que celebra a trajetória dos designers paulistas, e Realce, apresentação de acervo que marcou a chegada dos novos diretores artísticos da instituição. As criações do carioca Hélio Oiticica (foto acima) também estão on-line. Destaque para a obra Bandeira Brasileira, de autoria do carnavalesco da Mangueira Leandro Vieira para o desfile de 2019 — a primeira peça do Carnaval carioca integrada ao acervo permanente. Acesso pelo mam.rio/3D.

+ Com talento e ambição, Maxwell Alexandre conquista espaço no panteão das artes

Museu Bispo do Rosário.

Arte Ponto Vital tinha acabado de abrir ao público, em março, quando precisou migrar para as plataformas digitais devido às últimas restrições. Cem obras, entre pinturas, esculturas, fotos e vídeos de trinta artistas, recuperam a história da luta antimanicomial no Brasil. O espaço hoje ocupado pelo museu foi a sede, no século XX, da Colônia Juliano Moreira, que submetia pacientes psiquiátricos a eletrochoques e lobotomia. Acesso pelo museubispodorosario.com.

Oi Futuro.

No ano passado, o talentoso Luiz Zerbini transformou o centro cultural numa floresta, instalando mais de cinquenta árvores, arbustos e plantas medicinais no espaço. A mostra Campo Expandido propõe um diálogo entre natureza e tecnologia e ganhou um tour on-line em 360 graus há pouco tempo, assim como a exposição Una(S)+, que reúne produções de artistas mulheres do Brasil e da Argentina, feitas antes e durante a pandemia. Acesso pelo oifuturo.org.br.

Continua após a publicidade

+ Comuna reabre na Lapa com drinques e os famosos hambúrgueres

Museu do Amanhã.

Inaugurada em 2019, a exposição Pratodomundo — Comida para 10 Bilhões suscitou um debate sobre sustentabilidade calcado na seguinte questão: como alimentar, na década de 2050, uma população de 10 bilhões de pessoas com qualidade nutricional? A mostra propõe possíveis soluções, como o cultivo de legumes e verduras em oceanos e desertos. Os vídeos e fotos também abrem os olhos para alimentos não convencionais, como algas e insetos. Acesso pelo museudoamanha.org.br.

+ Leandra Leal indica filmes para assistir em família

CCBB
CCBB: cinco exposições para navegar on-line, inclusive o sucesso Egito Antigo museo egizio/Divulgação

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

CCBB.

Pelo site do centro cultural é possível navegar até mesmo por exposições que já saíram de cartaz, a exemplo das individuais de Ivan Serpa e Abraham Palatnik. Além disso, é possível rever a mostra dedicada ao checo Alphonse Mucha, mestre da art nouveau. A bem-sucedida Egito Antigo: do Cotidiano à Eternidade já ultrapassou a marca de 500 000 acessos. Por fim, as setenta inventivas obras da japonesa Chiharu Shiota, especializada em grandes instalações com fios de lã, também estão disponíveis on-line. Acesso em bb.com.br/cultura.

Continua após a publicidade
Publicidade