Clique e assine por apenas 7,90/mês

Restaurante popular de Nova Iguaçu é saqueado

Fechado pelo Pezão, espaço que oferecia refeições a R$ 2 teve janelas e portas furtadas

Por Redação VEJA RIO - 22 jun 2018, 16h05

Inaugurado em 2003, o restaurante popular de Nova Iguaçu Madre Teresa de Calcutá foi fechado pelo governo de Pezão e agora está abandonado. Nos últimos dias, usuários de droga e mendigos vêm usando o espaço que oferecia refeições a R$ 2 como dormitório. Se não bastasse o desprezo, portas, janelas, sanitários, pratos, talheres e botijões foram saqueados.

Ao lado de duas delegacias, o restaurante ganhou o apoio de igrejas católicas, evangélicas e centros de umbanda para ser reaberto. As instituições fizeram um abaixo-assinado pedindo a reabertura do local.

Publicidade