Clique e assine por apenas 7,90/mês

Restauração do Palácio Tiradentes deve terminar em maio

Iniciadas em 2015 e orçadas em 17,4 milhões de reais, as obras acontecem na cúpula do local

Por Heloíza Gomes - 1 abr 2017, 00h48

Iniciadas em 2015 e orçadas em 17,4 milhões de reais, as obras de restauração de fachada, portas, janelas, vitral e esculturas da cúpula do Palácio Tiradentes devem terminar em 6 de maio. Inaugurada em 1926 e tombada pelo Iphan, a construção de estilo eclético projetada por Archimedes Memória e Francisco Couchet foi erguida para abrigar a Câmara Federal — que funcionou ali até 1960, com exceção do período do Estado Novo, entre 1937 e 1945, quando não havia parlamentares para ocupá-la. Na atual sede da Alerj, não há razão para temer uma nova ditadura. Representam ameaça maior ao patrimônio histórico e material as frequentes manifestações e operações policiais que têm o endereço como alvo.

Publicidade