Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Remoção de vans irregulares caiu quase 80% em 2017

O serviço é uma das principais fontes de receita do crime organizado, de acordo com a polícia

Por Redação VEJA RIO 2 Maio 2018, 16h28

O primeiro ano de Marcelo Crivella (PRB) como prefeito do Rio foi o pior em número de vans irregulares removidas, autuadas e lacradas, de acordo com dados da própria prefeitura. Foram 447 remoções e 2017, uma queda de 78,54% em relação às 2.083 de 2016.

A polícia estima que 70% do lucro mensal das milícias venha do transporte irregular. O faturamento obtido a partir de multas aos infratores foi de R$ 3,5 milhões, número bem inferior aos R$ 8,9 milhões arrecadados no ano retrasado. De 2017 para 2016, as autuações caíram de 7.770 para 3.067, uma queda de mais de 50%.

De acordo com o Ministério Público estadual, os criminosos responsáveis pela administração do serviço em Campo Grande e Santa Cruz lucram R$ 27 milhões.

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Saiba tudo o que acontece na Cidade Maravilhosa. Assine a Veja Rio e continue lendo.

Impressa + Digital

Plano completo da Veja Rio! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da Veja Rio, diariamente atualizado.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas do Rio.

Receba mensalmente a Veja Rio impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet

a partir de R$ 12,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas do Rio.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)