Clique e assine por apenas 7,90/mês

Protestos contra o impeachment fecham rodovias fluminenses

Rio-Santos e Presidente Dutra foram interditadas gerando quilômetros de engarrafamento 

Por Redação VEJA RIO - Atualizado em 5 dez 2016, 11h20 - Publicado em 10 maio 2016, 17h06

Duas das mais importantes rodovias que cortam o estado, a Rio-Santos e a Presidente Dutra, foram interditadas no início desta terça (10) ao sediarem protestos a favor da presidente Dilma Rousseff, ás vésperas da votação do impeachment no Senado Federal.

+ Pezão estende licença médica até o fim de julho

A Rodovia Rio-Santos foi interditada nos dois sentidos após populares queimarem pneus na via, bloqueando o tráfico dos veículos. A pista foi inteiramente liberada às 8h, depois de gerar mais de seis quilômetros de engarrafamento no trecho. Já a Rodovia Presidente Dutra, em Nova Iguaçu, foi interditada na altura do KM 178, por volta das 4h50. O Corpo de Bombeiros precisou ser acionado para controlar o fogo dos pneus queimados no local. A pista foi liberadas 20 minutos depois.

Publicidade