Clique e assine por apenas 3,90/mês

Prefeitura do Rio suspende feiras livres por dez dias

Decreto, publicado na noite desta quarta (22), afirma que é necessário conter aglomerações e evitar a propagação do novo coronavírus

Por Marcela Capobianco - 22 abr 2020, 20h32

Em decreto publicado na noite desta quarta (22), a prefeitura do Rio de Janeiro determinou a suspensão das feiras livres da cidade durante dez dias. O objetivo é evitar aglomeração e, assim, conter a propagação do novo coronavírus.

+ Para assinar o conteúdo digital de VEJA RIO, clique aqui.

Durante o período de tempo, as 162 feiras livres montadas em dias e locais fixos, em todos os bairros da cidade, não vão acontecer. “É um freio de arrumação importante para que evitemos aglomerações e a aceleração do contágio. A curva da doença é ascendente e não podemos brincar com a saúde das pessoas. Já houve um sacrifício até agora. Mais um pouco e todos já, já voltaremos à vida normal”, disse o prefeito Marcelo Crivella.

+ Aplicativo mostra pontos de aglomeração na cidade

Segundo Rogério Bastos, coordenador de feiras da Secretaria Municipal de Desenvolvimento, Emprego e Inovação, durante esses dez dias, todos os feirantes serão chamados para conversar e estabelecer estratégias no sentido de minimizar ao máximo os possíveis prejuízos causados nesse momento.

+ App vai mostrar avanço da Covid-19 em tempo real

Continua após a publicidade
Publicidade