Clique e assine com até 65% de desconto

Aplicativo vai mostrar avanço da propagação da Covid-19 no Rio

Com recurso da inteligência artificial, a ferramenta foi criada por médicos, pesquisadores e cientistas em apenas 25 dias

Por Carolina Barbosa 20 abr 2020, 14h11

No intuito de ajudar nas estratégias de enfrentamento da pandemia causada pelo novo coronavírus, o Instituto D’Or de Pesquisa e Ensino e a empresa de tecnologia Zoox Smart Data desenvolveram um aplicativo que se vale da inteligência artificial para identificar os locais de concentração da transmissão da Covid-19 e acompanhar a evolução da imunidade da população, inicialmente do estado do Rio.

+ Quarentena: mapa do Centro de Operações registra aglomeração na Zona Sul

Sem fins lucrativos, a ferramenta, já disponível para download, foi criada por um grupo de médicos, pesquisadores e cientistas em apenas 25 dias. Funciona assim: ao baixar o app Dados do Bem, o usuário preenche um questionário para identificar se apresenta sintomas da doença.  Se as chances de contaminação forem altas, o participante pode ser chamado a agendar, gratuitamente, um teste com horário marcado. Caso o resultado seja positivo, o aplicativo poderá indicar as cinco pessoas com quem teve maior contato nos últimos dias para que elas também respondam às perguntas.

+Pedro Cardoso sobre protestos: ‘Se o vírus é invenção, se curem sozinhos’

+ Para assinar o conteúdo digital de VEJA RIO, clique aqui

Em quarentena, o secretário estadual de Saúde, Edmar Santos, disse, por meio de nota, que o projeto vai permitir acompanhar a curva de casos de forma mais imediata e será útil ainda para identificar as regiões de maior incidência.

Continua após a publicidade
Publicidade