Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Polícia e Forças Armadas fazem operação em comunidades do Rio

Pelo menos 20 pessoas já foram presas na ações que ocorrem nas comunidades do Jacarezinho, Alemão, Manguinhos, Mandela, Bandeira Dois e Parque Arará

Por Agência Brasil 21 ago 2017, 12h12

Forças Armadas e polícias Civil, Militar, Federal, Rodoviária Federal e Força Nacional, além de membros da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), fazem operação integrada nesta segunda (21) em seis comunidades do Rio de Janeiro. As ações visam cumprir mandados judiciais de pessoas suspeitas de tráfico de drogas e roubos. Pelo menos 20 pessoas já foram presas.

De acordo com a Secretaria de Segurança (Seseg), as operações ocorrem nas comunidades do Jacarezinho, Alemão, Manguinhos, Mandela, Bandeira Dois e Parque Arará, além do Condomínio Morar Carioca, na zona norte.

Equipes das Forças Armadas são responsáveis pelo cerco em algumas dessas regiões e elas estão baseadas em pontos estratégicos para garantia da ordem no entorno das comunidades. Várias ruas estão interditadas e os espaços aéreos controlados com restrições dinâmicas para aeronaves civis. Não há interferência nas operações dos aeroportos.

No Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), na Cidade Nova, representantes de todas as instituições envolvidas na operação estão acompanhando e orientando, em tempo integral, os desdobramentos, desde às 5h da manhã. Integrantes do serviço Disque-Denúncia também participam da ação, repassando, em tempo real, denúncias de esconderijos de criminosos, armas e drogas para o comando da operação. Denúncias podem ser feitas anonimamente pelo telefone (21) 2253-1177.

Além das polícias estaduais (Civil e Militar) e das três Forças Armadas (Exército, Marinha e Aeronáutica), participam da ação agentes da Polícia Federal, da Polícia Rodoviária Federal, da Força Nacional de Segurança Pública e da Agência Brasileira de Inteligência.

Continua após a publicidade
Publicidade