Clique e assine por apenas 7,90/mês

Mais de 300 mil casas no Rio têm mais de 3 pessoas num quarto, diz estudo

Segundo a ONG Casa Fluminense, Jacarezinho é o local de maior concentração, onde é difícil manter afastamento para evitar a Covid-19

Por Carolina Barbosa - Atualizado em 25 mar 2020, 16h02 - Publicado em 25 mar 2020, 15h55

Um levantamento feito pela ONG Casa Fluminense revelou que 300 000 residências na região metropolitana do Rio têm mais de três pessoas vivendo num único quarto. Os dados integram a primeira parte da pesquisa que estuda políticas públicas para enfrentar a desigualdade social.

+Coronavírus: Rio pode reduzir mensalidades escolares durante quarentena

De acordo com o estudo, isso dificulta o isolamento social para evitar a propagação do coronavírus e aumenta o risco de contaminação. No caso de Japeri, na Baixada Fluminense, 14% das casas têm mais de três pessoas no mesmo dormitório. Já no município do Rio, a favela que mais tem gente dormindo no mesmo ambiente, segundo a pesquisa, é o Jacarezinho, na Zona Norte, seguido por Maré, Rocinha, Cidade de Deus, Zona Portuária e Santa Cruz.

+Prefeitura do Rio orienta que vítimas do coronavírus devem ser cremadas

Publicidade