Clique e assine com até 65% de desconto

Rio: operação prende suspeitos de violência contra a mulher

Operação Athena marca 14 anos da Lei Maria da Penha

Por Agência Brasil 13 ago 2020, 09h54

Policiais civis cumpriram nesta quinta (13) mais de 100 mandados de prisão de foragidos da Justiça por crimes de violência contra a mulher no Rio de Janeiro. A operação Athena está sendo coordenada pelo Departamento Geral de Polícia de Atendimento à Mulher (DGPAM), da Polícia Civil do Rio, em homenagem aos 14 anos da Lei Maria da Penha.

+Rio: ex-secretário municipal de obras é condenado a 23 anos de prisão

Os mandados de prisão foram expedidos pela Justiça a partir de inquéritos policiais concluídos por delegacias do estado, mas não inclui foragidos que estejam dentro de comunidades controladas por grupos criminosos armados, devido à restrição de operações em favelas durante a pandemia de covid-19, imposta pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

+Cristo Redentor passa por desinfecção antes da reabertura no sábado 

De acordo com a diretora do DGPAM, delegada Sandra Ornellas, somente em 2019 as delegacias de atendimento à mulher no Rio indiciaram 16 703 suspeitos de violência doméstica e familiar e solicitaram 20 930 medidas protetivas de urgência.

+Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

Continua após a publicidade
Publicidade