Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Pela 13ª vez, óculos da estátua de Drummond são roubados em Copacabana

Flagrado em vídeo, autor do crime é investigado pela Polícia Civil. Bairro registrou aumento do número de furtos nos primeiros meses do ano

Por Redação 28 abr 2022, 13h10

Símbolo do calçadão de Copacabana, a estátua de Carlos Drummond de Andrade foi novamente alvo de um roubo. Na manhã da última terça (26), câmeras instaladas pela prefeitura flagraram um furto dos óculos de cobre do escritor. Os vídeos foram entregues pela Secretaria municipal de Conservação à Polícia Civil do Rio, que abriu um inquérito para investigar o caso. O autor do crime ainda não foi encontrado. Segundo a secretaria de Conservação, a peça será orçada e os novos óculos deverão ser repostos em um mês.

+ Atenção, gravando: PMs usarão câmeras nos uniformes a partir de 16 de maio

É uma história que se repete. Desde a inauguração do monumento em homenagem ao centenário do escritor em 2002, já foram registrados treze furtos dos óculos. O último roubo havia ocorrido há sete meses. Na ocasião, o criminoso foi encontrado pela polícia e afirmou ter vendido o objeto furtado por R$ 3,00 a um taxista. Além do acessório furtado com frequência, a estátua é um alvo comum de pichações e outros atos de vandalismo.

Compartilhe essa matéria via:

Instalada na Avenida Atlântica, em frente à Avenida Rainha Elizabeth, a escultura foi feita pelo artista plástico Leo Santana com um custo de R$ 65 000,00. A obra homenageia a história de Carlos Drummond de Andrade (1902-1987), considerado um dos maiores poetas brasileiros, que apesar de ter nascido em Minas Gerais, viveu durante décadas no famoso bairro da Zona Sul carioca.

+ Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Nos últimos meses, foi registrado um aumento da roubos em Copacabana. Segundo dados do Instituto de Segurança Pública (ISP), houve o crescimento de 96% dos casos de furto em Copacabana e no Leme. O número de ocorrência subiu de 2 010 entre janeiro e março de 2022 para 1 026 no mesmo período de 2021.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Saiba tudo o que acontece na Cidade Maravilhosa. Assine a Veja Rio e continue lendo.

Impressa + Digital

Plano completo da Veja Rio! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da Veja Rio, diariamente atualizado.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas do Rio.

Receba mensalmente a Veja Rio impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet

a partir de R$ 14,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Acesso ilimitado ao Site da Veja Rio, diariamente atualizado, com Blogs e Colunistas que são a cara da cidade.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas do Rio.

App Veja para celular e tablet, atualizado mensalmente com todas as edições da Veja Rio

a partir de R$ 12,90/mês