Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

O teatro da resistência: setor lidera pedido de apoio em edital municipal

Programa vai disponibilizar 20 milhões de reais a mais de trezentas propostas

Por Redação VEJA RIO 27 set 2021, 15h53

A paralisação do setor cultural e a falta de incentivos federais rendeu um número de inscrições recorde para o projeto “Foca”, iniciativa da prefeitura do Rio para Fomento à Cultura Carioca. Foram 5478 inscrições, a maioria para o segmento de teatro, equivalente a 22,7% da linha de ação que investirá em projetos de categorias diversificadas. Prova de que o setor foi um dos mais prejudicados durante a pandemia.

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

O programa vai disponibilizar 20 milhões de reais a mais de trezentas propostas. A previsão é anunciar o resultado até dezembro e, em seguida, liberar os recursos. “No meio da pandemia trouxemos o fomento de volta e democratizamos o acesso. É para isso que um governo deve existir”, ressalta o secretário municipal de Cultura, Marcus Faustini.

+ Cultura respira: edital vai aplicar R$ 20 milhões em projetos artísticos

Circo, artes visuais, arte antirracista, produções LGBTI+, artes urbana e pública, cultura popular, música, literatura, infância, dança e pesquisa & inovação foram as outras categorias abertas para inscrições. Os contemplados poderão ser apoiados com valores entre 25000 e 200000 reais cada.

+ Após polêmica sobre censura, Centro de Arte Hélio Oiticica será reaberto – saiba quando

Já a segunda linha do edital fomentará as relações entre cultura e território, potencializando a cena artística em regiões populares da cidade. Especificamente para esta, foram recebidas 1.135 inscrições. Serão distribuídos 4 milhões de reais a 120 projetos, em duas categorias: favelas da Zona Sul e do Centro e localidades da Zonas Norte e Oeste. O valor para cada proposta selecionada vai variar entre 25000 e 50000 reais.

Continua após a publicidade
Publicidade