Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Museu Nacional: elementos artísticos começam a ser restaurados

Até julho, procedimento será feito em peças do Jardim das Princesas que acredita-se que foram decoradas pela imperatriz Teresa Cristina

Por Marcela Capobianco 5 mar 2021, 13h55

Mesmo em meio à pandemia do novo coronavírus, o Museu Nacional da UFRJ segue recuperando o palácio atingido por um grande incêndio em setembro de 2018.

+ Postos da orla são estampados com imagens do Rio antigo

Alguns elementos ornamentais e artísticos do Jardim das Princesas e do Paço de São Cristóvão resistiram ao incêndio de 2018 e estão passando por um processo de conservação e proteção. O objetivo dos restauradores é higienizar e preparar essas peças delicadas para a fase de obras nas fachadas e coberturas do prédio.

ornamento do museu nacional que sobreviveu ao incêndio
Museu Nacional: topo de alvenaria de escada principal passa por processo de conservação Museu Nacional/Divulgação

Ornamentos de salas históricas do Paço, como a Sala do Trono; a escadaria monumental de mármore; e o famoso meteorito Bendegó são alguns dos elementos que receberão os serviços nesta etapa, além de pisos e pinturas murais.

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

Continua após a publicidade

Até julho, o procedimento será feito nas fontes de gnaisse e guirlandas em alto-relevo, outros bancos e tronos, mosaicos de conchas e fragmentos de louças do Jardim das Princesas.

Detalhe de leão esculpido em parede do pátio interno
Pátio interno: detalhe de medalhão que resistiu à chamas Museu Nacional/Divulgação

De grande valor histórico, acredita-se que foi a imperatriz Teresa Cristina, por ser italiana, que introduziu a técnica românica no jardim, a qual consiste em incrustar conchas e cacos de louças sobre a argamassa fresca. A técnica teria sido repassada a suas filhas, que adornaram a fonte, os tronos, os bancos e as guirlandas existentes. Um dos tronos, inclusive, possui a data de aniversário de seis anos da Princesa Isabel: 29 de julho de 1852.

+ Dia da mulher: festivais exaltam produção artística feminina

Fonte no jardim das Princesas, no Museu Nacional
Jardim das Princesas: estima-se que a esposa de Dom Pedro II tenha ensinado técnica de decoração para as filhas Museu Nacional/Divulgação

+ Paço Imperial recebe mostra sobre Direitos Humanos

De acordo com o Museu Nacional, a execução dessa obra específica custou R$ 1,7 milhão. A expectativa é de que parte do museu reabra para visitação no ano que vem.

Continua após a publicidade
Publicidade