Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Azulejos decorativos são protagonistas em peças de mobiliário

Linha de bancos e mesas para áreas externas feitas pelo Estúdio Design Noel Marinho chama atenção na mostra Casacor Rio, prorrogada até 9 de maio

Por Renata Magalhães Atualizado em 16 abr 2021, 13h51 - Publicado em 16 abr 2021, 07h00

Herança colonial portuguesa, o azulejo chegou ao Brasil no século XVII com uma função específica: proteger as paredes de cozinhas e banheiros contra a umidade dos trópicos. Mas, todo cheio de graça, o adereço logo passou a revestir outros ambientes, foi alçado a matéria-prima para obras de arte e agora vem despontando também em belas peças de mobiliário.

+ Banheiro com cara de spa: como criar um cantinho para relaxar em casa 

+ As peças em marcenaria que estão dando o que falar na Casacor Rio 

É o caso da linha de bancos e mesas para áreas externas do Estúdio Design Noel Marinho, que chama atenção em um dos espaços da Casacor Rio, prorrogada até 9 de maio. “É uma maneira diferente de expor a arte do meu pai, geralmente associada a murais pela cidade”, explica Patricia Marinho, herdeira de Noel, o arquiteto carioca que é uma das grandes referências quando se trata de azulejos artísticos.

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

Continua após a publicidade
Publicidade