Clique e assine por apenas 4,90/mês

Motoristas protestam contra regulamentação de apps de transporte

Projeto de lei que regulamenta o transporte individual de passageiros será votada nesta terça (31) no Senado

Por Redação Veja Rio - 30 out 2017, 14h00

Aplicativos de transporte como Uber e Cabify convocaram os motoristas a fazer um protesto na manhã desta segunda (30) contra um projeto de lei para regulamentar o serviço que será votado nesta terça (31) no Senado. As empresas alegam a PL 28/2017 é mais parecida com uma proibição, já que cria uma série de dificuldades.

O protesto começou no Aterro, onde os veículos ocuparam uma faixa no sentido Centro e depois foram para a pista contrária. Trechos da Enseada de Botafogo e Lauro Sodré, em Botafogo; e as avenidas Atlântica, Princesa Isabel, em Copacabana também foram ocupadas.

Conheça alguns pontos do projeto de lei:

1. Exige que os veículos tenham placas vermelhas iguais às dos táxis
2. Autoriza os municípios a proibirem os apps quando quiserem
3. Faz com que os motoristas parceiros precisem de uma autorização específica, que pode ou não ser concedida
4. Todos os motoristas precisam ter veículos próprios — não se pode dividir com seus familiares ou alugar carros
5. Proíbe os veículos de circularem em municípios vizinhos, como em regiões metropolitana

Publicidade