Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Relembre a carreira do cantor Wando

Cantor romântico, Wando faleceu na manhã desta quarta (8),em Belo Horizonte, vítima de uma parada cardiorrespiratória. Selecionamos cinco vídeos com momentos de sua carreia

Por Ernesto Neves Atualizado em 5 dez 2016, 15h45 - Publicado em 8 fev 2012, 14h37

O cantor Wando morreu na manhã desta quarta (8), após sofrer uma parada cardiorrespiratória em Belo Horizonte. O músico estava internado desde o último dia 27 após sofrer o entupimento de três artérias coronárias e foi submetido a duas cirurgias. Consagrado por seu repertório romântico, o músico era morador do Rio desde os anos 70, quando estourou com canções como “Moça”. Wando vivia em um condomínio da Barra da Tijuca, que foi visitado por fãs após o anúncio da morte (Confira momentos de sua carreira em nossa galeria de fotos). Neste ano, ele será homenageado pelo bloco Fogo e Paixão, mesmo nome de seu hit mais famoso. O bloco desfila no próximo domingo (12), no Centro.

Wando atraía uma multidão de fãs para suas apresentações e, enquanto cantava, as mais atiradas lançavam calcinhas no palco. O músico passou a guardar todas as peças femininas, totalizando mais de 15 000 em sua coleção. Em entrevista para a revista VEJA em dezembro de 2011, ele contou como o fato inusitado passou a ser parte de sua rotina. “Começou há uns vinte anos, quando lancei o disco ‘Tenda dos Prazeres’. Naquela ocasião, observei que uma calcinha de cabeça para baixo tem a aparência de uma tenda”. disse. “Passei, então, a distribuir calcinhas ao público. Com o tempo, passaram a jogá-las para mim”. E, para relembrar sua carreira de hits, selecionamos cinco vídeos do cantor.

Wando canta “Fogo e Paixão” no programa Cassino do Chacrinha, em 1985

O músico interpreta “Chora Coração”, sucesso da trilha sonora da novela “Roque Santeiro”, em 1985

Wando apresenta a música “Moça” durante o programa Globo de Ouro, em 1975

Wando e Nando Reis fazem dueto em “Minhas Amigas”

Em 1979, Wando lança “Coração Bandido” no Fantástico

Continua após a publicidade
Publicidade