Clique e assine por apenas 7,90/mês

Ministério Público questiona alteração em linhas de ônibus na Zona Sul

O órgão entrou com liminar na Justiça questionando o plano da prefeitura que vai aterar 124 linhas que atendem a cidade

Por Redação Veja Rio - Atualizado em 5 dez 2016, 11h41 - Publicado em 13 nov 2015, 20h17

O plano da prefeitura do Rio para alterar 70 linhas de ônibus na cidade enfrentará resistência na Justiça. O Ministério Público encaminhou na sexta (13) uma liminar para impedir a decisão de modificar o atual esquema dos coletivos. Os promotores do Grupo de Atuação Especializada em Meio Ambiente (Gaema) questionam a eficiência da medida e afirmam que a população não participou da discussão.

+ Cerca de 70% dos ônibus municipais circulam sujos

As mudanças começaram em outubro nas linhas de ônibus que seguem para a Zona Sul do Rio. O novo plano de transporte irá influenciar no funcionamento de 124 linhas: 41 serão modificadas; 16, criadas; 13, mantidas; e 70 linhas extintas. Segundo a secretaria municipal de Transporte 64% linhas de ônibus que circulam na Zona Sul são sobrepostas em 80%. As medidas buscam esvaziar pontos de ônibus e fazer com que os coletivos deixem de viajar vazios. Todo o novo esquema está disponível no site da secretaria.

Publicidade