Clique e assine com até 65% de desconto

Massagista abusa de cliente e se justifica: ‘Sou homem! Isso acontece’

Preso em flagrante, ele foi autuado por importunação sexual e pode pegar pena de até cinco anos de reclusão

Por Da Redação Atualizado em 4 nov 2020, 10h50 - Publicado em 4 nov 2020, 10h49

Um homem foi preso em flagrante nesta terça (3), depois de ser acusado por uma mulher de abuso durante a sessão de massagem em um consultório em Piabetá (Baixada Fluminense). Ela procurou a delegacia e contou que marcou uma consulta para tentar curar dores nas costas, e acabou sendo abusada durante a massagem. Ao ser tocada em suas parte íntimas, a mulher reagiu, e ouviu do acusado: “Sou homem! Isso acontece!”.

A cada dia, três mulheres sofrem importunação sexual no Rio

Ela procurou a 66ª DP e os policiais foram ao centro médico onde ele aluga uma sala. Autuado por importunação sexual, o massagista, caso condenado, pode ser penalizado com um a cinco anos de reclusão. Antes de ser levado para a DP, o suspeito afirmou que havia “esbarrado sem querer” na cliente e não deveria ser preso porque já havia pedido desculpas à vítima.

Coronavírus: Marcelo Crivella libera geral nas praias da cidade

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

Continua após a publicidade
Publicidade