Continua após publicidade

QG da Propina: sem mandato, Crivella será julgado pela Justiça comum

Ex-prefeito passa de acusado a réu e decisão sobre o caso, que seria submetida a um colegiado de desembargadores, agora só depende do juiz

Por Cleo Guimarães
5 jan 2021, 15h19

O fim do mandato de prefeito do Rio, no dia último dia 31, fez Marcelo Crivella perder a prerrogativa do foro privilegiado a que tinha direito justamente em função do cargo que exercia. Em prisão domiciliar, Crivella é acusado de liderar um esquema de corrupção que pagava credores da prefeitura em troca de propina.

Coronavírus: Miguel Nicolelis pede lockdown imediato no país

A oficialização da perda do foro na segunda instância foi emitida no primeiro dia do ano de 2021 pela desembargadora Rosa Macedo Guita, que havia determinado a prisão do político em dezembro de 2020, a nove dias do fim de seu mandato. Na prática, a ação conhecida como “QG da Propina”, será realocada e passará do 1º Grupo de Câmaras Criminais do Tribunal de Justiça do Rio para a primeira instância. A migração do processo deve acontecer nesta quarta (6).

‘Festão!’: Caetano Veloso processa cantora por fake news, e ela se retrata

Continua após a publicidade

A mudança transforma em ação penal o que era uma denúncia, e os acusados – quinze, ao todo – viram réus. A admissão ou não da denúncia apresentada pelo Ministério Público seria submetida ao colegiado de desembargadores mas agora, na 1ª Vara Criminal Especializada de Combate ao Crime Organizado, o caso passa a depender somente do juiz.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.