Clique e assine com até 65% de desconto

Samantha Schmütz reage a leilão de prédio da CAL: ‘Estou de luto’

Justiça determinou leilão da icônica casa da Rua Rumânia, em Laranjeiras, no processo do Banco Central contra o espólio de Clito Bokel

Por Marcela Capobianco Atualizado em 21 fev 2020, 15h40 - Publicado em 21 fev 2020, 14h54

De férias nos Estados Unidos, a atriz Samantha Schmütz reagiu com tristeza à notícia de que o icônico prédio da CAL, Casa das Artes de Laranjeiras, será leiloado pela Justiça. A artista se formou na escola, assim como vários grandes nomes do teatro e da TV, como Heloísa Perissé, Otávio Muller e Fábio Porchat.

“Me dá um nó na garganta. A CAL é uma escola maravilha, com professores supercompetentes. Muita gente importante para a nossa cultura se formou ali. Fico triste também por não poder fazer nada. Meu sonho era me juntar com alguma empresa que pudesse subsidiar os gastos e fazer da CAL uma escola pública de arte. Temos tanta gente talentosa no Brasil… E acredito que só a arte salva. Me sinto de luto nesse momento”, desabafou.

A Justiça do Rio decidiu leiloar o prédio da Casa de Artes de Laranjeiras (CAL). O valor pedido no leilão, que acontece no dia 9 de março, é de R$ 5,5 milhões.

A decisão é da 6ª Vara Empresarial do Rio. O processo é do Banco Central contra o espólio de Clito, Alfredo e Frederico Bockel.

Está registrado no processo que a CAL pediu que constasse no edital do leilão que a tradicional escola de artes funciona há décadas no imóvel da Rua Rumânia. A juiza, porém, indeferiu esse pedido, já que a lei de locações exige que o registro do contrato de aluguel esteja na certidão do imóvel, o que não acontece em relação à casa de Laranjeiras.

Portanto, de acordo com advogados consultados por VEJA RIO, a princípio, quem arrematar o imóvel não tem obrigação de manter o funcionamento da escola.

Procurada pela reportagem, a direção da CAL não quis se manifestar. Na área administrativa da escola, uma funcionária disse não saber da decisão judicial.

Continua após a publicidade
Publicidade