Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Índio da Costa diz ser o único capaz de derrotar Crivella no 2º turno

Bem humorado, candidato falou de seu estilo de se vestir na campanha que virou piada na internet, com jeans e camiseta preta, o que seria um sinal de simplicidade 

Por Carolina Zappa Atualizado em 5 dez 2016, 11h02 - Publicado em 2 out 2016, 15h09

O candidato a prefeito do PSD, Índio da Costa, votou por volta das 9h deste domingo (2), na PUC-Rio, na Gávea. Ele demonstrou tranquilidade e afirmou estar confiante em relação à disputa pelo segundo turno. O político chegou ao local acompanhado de assessores e de seu vice, Hugo Leal (PSB), sem a família. “Não sou demagogo. É aniversário da minha mulher hoje e meu filho está gripado. Ele ficaram em casa dormindo”, contou. Ele brincou dizendo que havia chegado direto da noite com a camisa preta que costuma usar durante a campanha, e disse que ficou até às duas da manhã conversando com cerca de 142 000 eleitores pelo Facebook, tirando dúvidas sobre suas propostas. Antes da votação, escutou no celular de um de seus assessores um áudio que seria do ex-governador Sergio Cabral pedindo votos para Pedro Paulo. 

+ As propostas de Índio da Costa para a prefeitura

+ Eleições 2016: acompanhe as notícias

O aspirante ao cargo de prefeito contou ainda que ficou muito feliz ao saber que o humorista Marcelo Madureira (que vinha fazendo campanha para Carlos Osorio) havia declarado seu voto em Índio da Costa neste sábado (1º). “Ele entendeu que quem vota em Osorio, Pedro Paulo, Bolsonaro e Freixo vai eleger o Crivella. E as pesquisas apontam que eu sou o único capaz de derrotá-lo no segundo turno, pois tenho uma imagem positiva maior e uma rejeição menor que os outros”, afirmou. Segundo Costa, a mudança de voto é simbólica, pois sinaliza um movimento similar nas ruas. Tranquilo, o candidato disse ter mostrado que é possível fazer uma campanha simples, de calça jeans e camiseta preta, e chegar bem à reta final. “Agora está nas mãos do eleitor”.

Continua após a publicidade
Publicidade