Clique e assine por apenas 3,90/mês

Ilha Grande ganha projeto de gestão com iniciativa privada

Governo do estado prevê parceria para controlar o acesso de visitantes e o investimento para obras importantes como as de saneamento básico 

Por Redação Veja Rio - Atualizado em 5 dez 2016, 11h15 - Publicado em 21 jun 2016, 17h10

Um dos paraísos naturais brasileiros, a Ilha Grande está prestes a receber o a primeira parceria público-privada (PPP) em área de conservação do estado. Com sete enseadas e 113 praias, a importante área remanescente de Mata Atlântica vem sofrendo com o alto número de visitantes e a falta de cuidado. O projeto de gestão abrange a área de 193 quilômetros quadrados e das quatro unidades de conservação e terá como uma das medidas o controle do acesso e a cobrança de ingresso para turistas  em valores entre R$ 40 e R$ 80 por uma semana, ou R$ 15 diários. A estimativa de visitantes este ano ultrapassa 500 mil pessoas, 50 mil a mais que o ano passado.

+ Invasão turística, esgoto e lixo ameaçam o santuário de Ilha Grande

O projeto ainda contempla o investimento de nos primeiros cinco anos, do total de 25, de R$ 67 milhões em cem projetos, incluindo saneamento, melhoria da limpeza, revitalização dos 12 quilômetros da Estrada Dois Rios-Abraão, instalação de infraestrutura para escoamento pluvial, patrulhamento ambiental e reforma das ruínas do lazareto e do presídio. Apesar das mudanças, não está prevista a criação de resorts na Ilha. O edital está previsto para ser divulgado no meio do ano que vem. Até lá o projeto será discutido publicamente e aperfeiçoado.

 

Continua após a publicidade
Publicidade