Clique e assine por apenas 4,90/mês

Memória da cidade

Por Lula Branco Martins - Atualizado em 5 dez 2016, 16h02 - Publicado em 21 set 2011, 14h46

O piano alemão encostado num cantinho de sua última moradia, na Praça Tiradentes, era o maior xodó de Chiquinha Gonzaga, compositora nascida em 1847 e morta em 1935 que agora vai ganhar um site. Cerca de 300 partituras estão sendo digitalizadas, num trabalho dividido pelos músicos Alexandre Dias e Wandrei Braga, com o auxílio de Edinha Diniz, biógrafa da artista. Amiga de grandes chorões e boêmios da noite do Rio Antigo, a pianista desafiou os padrões da época. No ar em outubro, o endereço eletrônico reunirá temas como Corta-jaca e Ó, Abre Alas.

Publicidade