Clique e assine por apenas 7,90/mês

Governo pede ajuda à União para pagar policiais

O pedido é um reflexo da crise enfrentada pelo governo estadual que tem atrasado o pagamento de servidores e pensionistas 

Por Redação VEJA RIO - Atualizado em 5 dez 2016, 11h02 - Publicado em 27 set 2016, 18h56

O governo do Rio pediu ajuda da União para continuar pagando os salários dos servidores e pensionistas do estado. Segundo fontes, o governador em exercício, Francisco Dornelles, pediu a liberação de recursos do Palácio do Planalto para quitar os salários de policiais civis e militares. O pedido é um reflexo da crise enfrentada pelo governo estadual que tem atrasado o pagamento de servidores e pensionistas.

+ Comércio do Catete fecha as portas após morte de Fat Family 

Em junho, Dornelles chegou a decretar estado de calamidade pública, no entanto, no mesmo mês, a União liberou R$ 2,9 bilhões ao Rio, com o intuito de minimizar os problemas.  Segundo informações do jornal O Globo, o governador também solicitou ao governo federal que autorize um novo envio de tropas do Exército para o estado, na intenção de reforçar o policiamento nas ruas. Na segunda (26), o Ministério da Defesa informou que, por enquanto, só existe previsão de mobilização de tropas para garantir a tranquilidade das eleições, no próximo domingo (2). 

Publicidade