Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Espécie de golfinho ameaçado de extinção é vista em Ilha Grande

Pesquisadores da Uerj encontraram toninhas, tipo de cetáceo, após mais de 20 anos sem avistá-las

Por Bruna Motta Atualizado em 11 dez 2020, 16h07 - Publicado em 11 dez 2020, 16h05

Espécie de golfinho ameaçada de extinção, algumas toninhas foram identificadas na Baía da Ilha Grande. O animal tinha sido visto pela última vez no início da década de 2000. A identificação e registro das imagens foram realizadas pelo Laboratório de Mamíferos Aquáticos e Bioindicadores (Maqua) da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) em parceria com o Instituto Estadual de Ambiente (Inea).

+Covid-19: Prefeitura veta áreas de lazer e proíbe estacionamento na orla 

Segundo o oceanógrafo e coordenador do Maqua, José Lailson Brito, a toninha é um animal pequeno e tímido. Uma versão adulta tem cerca de 1,50 metro, e a espécie expõe pouco o dorso quando vai até a superfície respirar, o que torna difícil a observação do aimal.

Esse mamífero está criticamente ameaçado de extinção, por ser um animal costeiro que sofre muito com a pesca, poluição e a destruição de seu habitat.

+Covid-19: Prevista para março, vacinação pode ser antecipada, diz secretário 

Os estudos começaram em 2017 com o objetivo de pesquisar sobre as espécies de golfinho que passeiam na costa fluminense. A partir dessas observações foi desenvolvido um projeto que pretende descobrir se esses animais realmente residem na região. O projeto também contou com filmagem em drones para observas as toninhas.

+Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

 

Continua após a publicidade
Publicidade