Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Evento de funk no Aterro causa danos no MAM

As caixas de som do Rio Parada Funk estavam viradas para o Museu

Por Redação VEJA RIO Atualizado em 5 dez 2016, 11h14 - Publicado em 27 jun 2016, 17h47

A sexta edição do Rio Parada Funk, evento que ocorreu no Aterro do Flamengo no último domingo (26), causou danos ao Museu de Arte Moderna (MAM). A vibração gerada pelas caixas de som provocou a queda de uma obra de porcelana da artista plástica Gabriela Machado, que fazia parte da exposição “Things that fit in my hand”. A peça caiu da mesa em que estava sendo exibida. O Museu teve que encerrar suas atividades três horas antes, às 15h.

+ As exposições em cartaz no Rio

Para que não houvesse mais danos, a equipe do MAM teve que remover algumas obras, para que estas não fossem comprometidas – as caixas de som estavam viradas para o museu. A administração fez um boletim de ocorrência e vai pedir ressarcimento do prejuízo. No entanto, o Rio Parada Funk tinha autorização da prefeitura.

Publicidade