Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Disque-Denúncia recebeu 280 contatos sobre a Rocinha em dez dias

Os relatos começaram a chegar em 16 de setembro, um dia antes do confronto entre grupos criminosos que causou uma série de tiroteios na comunidade

Por Agência Brasil 26 set 2017, 16h48
rocinha2.jpg
Redação Veja rio/Divulgação

Até as 12h da terça (26), 284 pessoas procuraram o Disque-Denúncia para apresentar informações sobre criminosos na comunidade da Rocinha, segundo a assessoria de imprensa da central de atendimento especializado não-governamental. As denúncias começaram a chegar em 16 de setembro, um dia antes do confronto entre grupos criminosos que causou uma série de tiroteios na comunidade.

Além do telefone fixo (21) 2253-1177 e do whatsapp (21) 98849-6099, a assessoria de imprensa do órgão divulgou que muitas denúncias chegaram também pelo aplicativo do Disque-Denúncia, disponível para os celulares Android, na Google Play. O dia em que o serviço recebeu mais contatos foi nesta segunda (25) , com 83 denúncias apenas sobre a Rocinha.

Panfletos

Na manhã desta terça-feira, um helicóptero das forças de segurança lançou panfletos sobre a comunidade. O material de divulgação continha os números do Disque-Denúncia e um apelo para que os moradores denunciem. “Ajude o Rio de Janeiro. Denuncie crimes e atividades suspeitas”, diz um dos panfletos.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade