Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Em tempos de pandemia, arquiteto dá dicas que facilitam a limpeza

Responsável por local que reza segundo a cartilha pós-coronavírus na Casacor Rio, em cartaz até 2 de abril, Diego Raposo dá dicas para um ambiente seguro

Por Renata Magalhães Atualizado em 19 mar 2021, 09h32 - Publicado em 19 mar 2021, 06h00

Em tempos pandêmicos, a preocupação com a segurança passou a nortear não só os hábitos de higiene — ela se estende a tudo, inclusive aos projetos de arquitetura. Responsável pelo ambiente que reza segundo a cartilha pós-coronavírus na Casacor Rio, em cartaz no Jardim Botânico até 2 de abril, o arqui­teto Diego Raposo aponta escolhas que facilitam na hora de manter a limpeza do lar, algo mais desejado do que nunca.

+ Vou deitar e rolar: como apostar nos tapetes para o conforto da casa

+ Garimpo com estilo: dupla oferece tesouros descobertos pelo Rio

Móveis: superfícies metálicas ou de vidro para revestir bancadas e armários oferecem maior resistência à contaminação.

Pisos: materiais de pouca abrasão, como porcelanatos e vinílicos, ajudam a fazer uma faxina mais eficiente.

Paredes: dê preferência a tintas, ou até mesmo papéis de parede, cuja composição permita a lavagem com água e sabão neutro.

+Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Continua após a publicidade
Publicidade