Clique e assine por apenas 4,90/mês

Coronavírus: Defesa Civil adota termômetros para aferição à distância

Do tipo infravermelho, as 200 unidades buscam identificar militares ou civis com sintomas de contaminação pela Covid-19 e aplicar medidas de segurança

Por Carolina Barbosa - Atualizado em 14 abr 2020, 10h58 - Publicado em 14 abr 2020, 10h57

Na tentativa de conter o avanço do novo coronavírus, a Secretaria de Defesa Civil adquiriu cerca de 200 termômetros infravermelhos de aferição da temperatura à distância. O objetivo é identificar em estágio inicial militares ou civis com sintomas de contaminação pela Covid-19 e aplicar as medidas de segurança necessárias a fim de evitar o contágio em instituições como os quartéis e a Academia de Bombeiro Militar.

+Covid-19: Hospital de campanha no Riocentro tem 85% das obras concluídas

De acordo com o diretor-geral de saúde, coronel Roberto Miúra, os equipamentos são de fácil uso, com rápida aferição. “Quando a temperatura for maior do que 37,5ºC, toca-se um alarme sonoro. Nestes casos, quem apresentar, ainda, sintomas como tosse, dor de garganta, dores musculares e desconforto respiratório é orientado a procurar uma unidade de saúde”, explicou o coronel.

+Coronavírus: Barra da Tijuca reúne o maior número de infectados

Continua após a publicidade

+ Assine Veja Rio: é só clicar aqui.

Publicidade