Clique e assine por apenas 4,90/mês

Covid-19: Witzel estende quarentena no estado até 30 de abril

Decreto que restringe atividades e mantém Rio em situação de emergência por conta da Covid-19 foi prorrogado com base no aumento de número de casos

Por Carolina Barbosa - Atualizado em 14 abr 2020, 11h36 - Publicado em 14 abr 2020, 11h34

Depois do aumento no número de contágios pelo novo coronavírus no estado (cinco novas cidades surgiram no ranking nos últimos sete dias), o governador Wilson Witzel estendeu até 30 de abril o decreto de quarentena que mantém a cidade em situação de emergência em função da pandemia da Covid-19. Segue proibido o funcionamento de cinemas, teatros e pontos turísticos.

+Covid-19: Rio terá mais dois hospitais de campanha com ajuda de empresas

Permanece também o artigo que permite a abertura de bares, restaurantes e lanchonetes limitando o atendimento a 30% de suas capacidades de lotação. Na cidade, no entanto, continua valendo o decreto do prefeito Marcelo Crivella que proíbe a abertura de restaurantes e lanchonetes, autorizando apenas a retirada de pedidos e entregas em domicílio.

+Coronavírus: Witzel pretende aplicar multas a quem sair de casa

Continua após a publicidade

Em sua rede social, o governador disse que vai avaliar o próximo passo. “Nossa perspectiva é até o dia 30 de abril fazer uma nova avaliação do quanto poderemos voltar, quem poderá voltar ao trabalho”, escreveu. Crivella disse nesta segunda (13) que não é hora de afrouxar.

+ Para receber a Veja Rio em casa, é só clicar aqui.

Publicidade