Clique e assine por apenas 4,90/mês

Coronavírus: ocupação na rede particular de hospitais do Rio cai para 67%

As unidades médicas chegaram a ter 90% dos leitos de UTI ocupados por causa da pandemia no mês de maio

Por Carolina Barbosa - 30 jun 2020, 13h29

Uma boa notícia: os hospitais privados do estado do Rio que chegaram a ter 90% dos leitos de UTI ocupados no mês de maio em função da pandemia causada pelo novo coronavírus, registraram na última sexta (26) uma taxa de 67% para todas as vagas de internação, tanto de leitos intensivos, quanto de enfermarias, segundo a Associação de Hospitais do Rio de Janeiro (Aherj).

+Fiocruz fecha parceria com Oxford para produzir vacina contra coronavírus

+Fiéis terão que agendar ida à missa e confissões em algumas igrejas

Com 50 hospitais no país, a Rede D’Or corrobora a percepção e sinaliza uma queda de 35% em todas as internações para coronavírus, que já chegaram a mais de 2 000. No início da semana passada, o número era 1 450; já nesta segunda (29) desceu para 1 300.

Continua após a publicidade

+ Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Publicidade