Clique e assine por apenas 3,90/mês

Coronavírus: Ginkeria e Vitrinni são interditadas na Barra por aglomeração

Multadas em mais de R$ 15 mil por infração considerada gravíssima, as duas casas ficarão fechadas, por pelo menos, 15 dias

Por Da Redação - Atualizado em 12 out 2020, 15h09 - Publicado em 12 out 2020, 11h21

Aberta há pouco mais de um ano, a Ginkeria B., primeira casa da cidade dedicada totalmente aos drinques com gin, foi interditada por fiscais da Vigilância Sanitária na noite domingo (11). Segundo a assessoria da prefeitura, a casa, na Rua Erico Verissimo, promovia aglomeração na sua parte interna. A boate Vitrinni Lounge Beer, na Avenida Armando Lombardi, também foi interditada pelos mesmos motivos. Além da interdição, os dois estabelecimentos foram multados em mais de R$ 15 mil.

Leblon: este é o vídeo de aglomeração mais impressionante que você vai ver

Na sexta (9), dois dias antes de ser autuada e interditada, a Ginkeria B. publicou em seu Facebook o anúncio da Sax Live, apresentação de música ao vivo na casa – a foto mostra um grupo de mulheres dançando ao lado de um saxofonista – nenhum deles usa máscara de proteção.

Barraco no Leblon: moça do biquíni e motorista promovem festa em barco

De acordo com a Fase 6B de retomada das atividades, anunciada no último dia 1º pela Prefeitura, estão proibidas boates e estabelecimentos com pista e espaço de dança de qualquer tipo. Casas de show podem funcionar exclusivamente com reserva de lugar numerado – ou seja, também sem pista de dança.

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

São consideradas gravíssimas as infrações dos estabelecimentos que permitirem aglomerações, com infrações de R$ 15 mil a R$ 26 mil, esse último valor é em caso de reincidência. A interdição desses estabelecimentos é de sete dias.

+ Anuncie em VEJA RIO COMER & BEBER 2020

Continua após a publicidade
Publicidade