Clique e assine por apenas 4,90/mês

Coronavírus: Crivella volta atrás e libera reabertura de shoppings

Prefeito anunciou que centros comerciais da cidade poderão voltar a funcionar a partir desta quinta-feira (11), véspera do Dia dos Namorados

Por Cleo Guimarães - Atualizado em 10 jun 2020, 16h24 - Publicado em 10 jun 2020, 16h23

O prefeito Marcelo Crivella anunciou na tarde desta quarta-feira (10) que os shoppings da cidade poderão reabrir nesta quinta-feira (11), véspera do Dia dos Namorados, com restrições. Na divulgação do cronograma de flexibilização da quarentena, no último dia 1º de junho, o reinício das atividades dos shopping centers do Rio estava previsto para a segunda fase de reabertura, no próximo dia 17.

Covid-19: especialistas também se dizem confusos com flexibilização

No domingo ( 7), em entrevista coletiva, Crivella disse que iria manter o cronograma de reabertura de medidas de isolamento contra o novo coronavírus, apesar das recomendações de volta ás atividades, em horário restrito, do governador Wilson Witzel.

Quarentena: buscas no Google por ‘divórcio virtual’ crescem 850% em 7 dias

Continua após a publicidade

O prefeito diz ter mudado de ideia depois de uma reunião com o Comitê Científico da Prefeitura e com representantes de 32 shoppings da capital. De acordo com a prefeitura, pesaram na decisão os dados sobre a queda na curva de contágio da Covid-19 e o aumento na oferta de número de leitos hospitalares. “Os parâmetros que balizam as medidas de afastamento social são favoráveis. Diante disso, a vigilância sanitária solicitou que adiantássemos a abertura dos nossos shoppings. Os líderes dos shoppings estiveram em reunião conosco para estabelecer um acordo, e todos eles aceitaram as regras. Amanhã [quinta], os shoppings voltam a abrir”, disse. Gutemberg de Paula Fonseca, secretário de Ordem Pública, afirmou que os shoppings que desrespeitarem as orientações poderão até ser fechados. 

+ Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Restrições na volta dos shoppings

-Medição de temperatura na entrada dos estabelecimentos
-Distanciamento de 2 metros entre as pessoas
-Estacionamentos com um terço da capacidade
-Praças de alimentação fechadas para consumo no local
-Restaurantes só podem funcionar por serviços de delivery, take away e drive thru.
-Áreas de lazer, festa e games fechadas
-Horário de atendimento das 12h às 20h

Os estabelecimentos também devem seguir alguns protocolos de segurança, chamados pela prefeitura de “regras de ouro” (uso obrigatório de máscaras, higienização constante das mãos com álcool gel ou água e sabão, ambientes arejados, ambientes higienizados a cada três horas, disponibilização de álcool gel nas áreas de circulação).

Publicidade