Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Cônsul dos Estados Unidos no Rio é transferido e deixa homenagem à cidade

Após 3 anos à frente da representação americana, James Story, um apaixonado pelo Rio, fez um vídeo sobre o que mais gostou na Cidade Maravilhosa

Por Redação VEJA RIO Atualizado em 29 jun 2018, 14h31 - Publicado em 29 jun 2018, 14h27

“Ninguém faz praia como o carioca”, afirma James Story, cônsul-geral dos Estados Unidos no Rio, de short e camiseta na Praia do Leblon. O vídeo é uma homenagem aos três anos que ele viveu na cidade – o sempre simpático Story acaba de ser convocado pelo governo americano para assumir um cargo na embaixada de Caracas, na Venezuela. 

No filmete postado na semana passada na página do consulado americano no Facebook, o cônsul faz uma declaração de amor à cidade. Intitulada “Tchau, Rio!”, a gravação já foi visualizada mais de 57 000 vezes e teve mais de 3 400 curtidas.

+ Cônsul americano no Rio cai na orgia gastronômica e, enturmado, se diverte na cidade

Nas imagens, Story mostra os lugares e momentos mais marcantes dele e da família no Rio. Ele adorava correr e tomar caipirinha na praia, por exemplo. No Leblon, sua barraca preferida era a 189. O vídeo mostra também o Bar do Davi, no Leme, a Pedra do Telégrafo, um passeio de Story, sua esposa Susan West Story e seu filho James Mac a bordo de um veleiro, e ainda o Carnaval na Sapucaí (o diplomata apoiou o desfile da Unidos da Tijuca em 2017).

“Obrigado, Rio, foram três anos incríveis. Já estou com saudades, mas a gente vai voltar”, diz Story na gravação. O cônsul já passou temporadas em Bogotá, no Afeganistão, em Brasília e em São Paulo. Em 2015, chegou ao Rio direto de Washington, onde era Diretor dos Programas Internacionais de Narcóticos e Manutenção da Lei do Hemisfério Ocidental.

bar do davi - cônsul estados unidos
Reprodução/Facebook
veleiro - cônsul estados unidos e família
Reprodução/Facebook
  • Continua após a publicidade
    Publicidade