Clique e assine por apenas 7,90/mês

Centro Presente ajuda catador de latinha e ação viraliza na internet

"Nossas ações vão muito além de prender", afirmam responsáveis por iniciativa

Por Redação VEJA RIO - 26 jun 2018, 13h28
Centro Presente/Facebook

Os cabos Itamar e Souza protagonizaramna última sexta (22) uma boa ação que fez sucesso na internet. Os agentes do Centro Presente ajudaram um catador de latinhas, que chorava ao ver o material coletado espalhado após o saco plástico que o armazenava rasgar em frente ao Theatro Municipal.

Fotos publicadas pela página do Facebook Operação Segurança Presente mostram Itamar e Souza recolhendo as latas junto com o trabalhador e amarrando dois sacos pretos enquanto o homem enxuga as lágrimas. Seu nome não foi identificado em nenhum momento. “Nossas ações vão muito além de prender criminosos e a sociedade sabe que pode contar com a gente”, afirmam os responsáveis pelo perfil na publicação.

Inspirado no Lapa Presente, o Centro Presente cumpriu 709 mandados de prisão em seus 20 primeiros meses em atividade. Ao todo, a iniciativa conta com 522 agentes que apoiam a segurança na área compreendida entre Praça Mauá, Praça Onze e Praça XV. Com vencimento em 1º de julho, o contrato da operação ainda não teve a renovação anunciada.

Publicidade