Clique e assine por apenas 7,90/mês

Campus da UFRJ teve três assaltos entre 7 e 9 de março

A prefeitura da Ilha do Fundão estuda a possibilidade de contratar policiais de em horário de folga para reforçar a segurança do local

Por Rafael Sento Sé - Atualizado em 23 mar 2018, 15h46 - Publicado em 23 mar 2018, 15h14

Três assaltos à mão armada em dias consecutivos, à luz do dia. Nos episódios de violência ocorridos de 7 a 9 de março, entre 9 e 10 horas, professores foram roubados quando chegavam ao trabalho, dentro do câmpus da UFRJ na Ilha do Fundão. Aparentemente, a mesma quadrilha atacou as vítimas — dois docentes chegaram a ser sequestrados e foram abandonados nos arredores da Avenida Brasil. A prefeitura da UFRJ estuda a possibilidade de contratar policiais em horário de folga e implementar um esquema de segurança semelhante ao do Aterro Presente, para inibir a ação dos assaltantes no Fundão. Um bom começo seria a recuperação do sistema de câmeras de controle na região, em parte inoperante.

Publicidade