Clique e assine por apenas 3,90/mês

Atualização de lei que inviabiliza Uber é aprovada em 1º turno

Texto estabelece que só taxistas podem operar serviços de transporte individual remunerado

Por Redação Veja Rio - Atualizado em 5 dez 2016, 11h58 - Publicado em 21 ago 2015, 17h53

A Câmara de Vereadores aprovou em 1º turno nesta quinta (20) uma atualização na lei que regula o transporte individual remunerado na cidade. O texto determina que novos serviços na área sejam operados apenas por taxistas licenciados. Na prática, isso inviabiliza a operação do Uber no Rio.

+ Para Fernanda Torres, Uber é uma boa solução para a cidade

Para virar lei, a atualização precisa ser aprovada numa segunda votação que acontece na próxima terça (25). Na consulta já realizada, o texto recebeu 38 votos a favor, 7 abstenções e nenhum voto contra. Os taxistas defendem que a prefeitura fiscalize a situação e crie multas de R$ 3.000 e R$ 7.000 para, respectivamente, motoristas e empresas que burlem a nova regulamentação, que ainda não está em vigor.

Publicidade