Clique e assine com até 65% de desconto

Zona Sul concentra as piores linhas de ônibus da cidade

Levantamento apontou os motoristas que rodam pela Zona Sul recebem mais reclamações.

Por Saulo Guimarães Atualizado em 3 abr 2020, 12h19 - Publicado em 3 abr 2020, 12h00

Os motoristas de ônibus que cortam a Zona Sul são os mais “cascas-grossas” do Rio. Pelo menos, é o que aponta o mais recente levantamento sobre a conduta dos integrantes da categoria, realizado pela Secretaria Municipal de Transportes (SMTR).

+Quarentena: Procon e Policial Civil autuam lojas com preços abusivos

Seis das dez linhas de ônibus com mais reclamações sobre o comportamento dos pilotos circulam entre Leblon e Glória. Entre as queixas feitas com mais frequência pelos usuários à Central 1746 de novembro a janeiro, estão as mudanças nos itinerários (133), as solicitações de parada não atendidas (84) e a direção perigosa (64).

+Coronavírus: ‘gabinete de crise’ de Crivella está em pânico

Procurada, a SMTR informou que usa esses dados para planejar ações de fiscalização e que as sanções cabíveis serão aplicadas nos casos de descumprimento das regras contratuais. Confira as dez linhas com mais reclamações no Rio:

422 — Grajaú-Cosme Velho
435 — Grajaú-Gávea
410 — Saens Peña-Gávea
397 — Campo Grande-Candelária
006 — Silvestre-Castelo
409 — Saens Peña-Horto
432 — Vila Isabel-Leblon
220 — Usina-Candelária
455 — Méier-Copacabana
918 — Jardim Violeta-Bonsucesso

+ Para receber a VEJA Rio em casa, é só clicar aqui.

Continua após a publicidade
Publicidade