Continua após publicidade

Coronavírus: 72,1% dos cariocas são a favor da quarentena

Estudo da Fecomércio revela ainda que 20,3% dos cariocas acreditam que o isolamento ainda levará mais dois meses

Por Bruna Motta
29 abr 2020, 14h41

O Instituto Fecomércio de Pesquisas e Análises (IFec RJ) apresentou um estudo revelando que 72,1% dos cariocas são favoráveis a determinação da quarentena. O curioso dos dados é que a taxa de isolamento social do Rio caiu de 70%, em março, para 50% em abril. Foram entrevistadas 962 pessoas.

+Coronavírus: as principais dúvidas do carioca no Google sobre a pandemia

Ainda segundo a pesquisa, 20,3% acreditam que a quarentena ainda levará mais dois meses, 18,5% menos de um mês e, para 18,1%, vai passar de três meses, 17,2% mais um mês, 11% mais um mês e meio e 10,8% mais três meses.

+ Para assinar o conteúdo digital de VEJA RIO, clique aqui.

Durante a entrevista, também foram questionadas as mudanças no comportamento dos consumidores durante a quarentena. Para 54,8% da população, suas decisões de compra foram suspensas. Outros 17,6% revelaram que suas compras foram adiadas para o segundo semestre e, 11,1%, postergaram para o próximo mês.

Continua após a publicidade

+Quarentena: sem humanos por perto, animais silvestres saem da toca no Rio

De acordo com o levantamento, os alimentos são o principal item de consumo para 92,1% dos moradores do estado do Rio. Produtos de limpeza também figuram entre os itens mais adquiridos por 66% dos fluminenses. Outros tipos de produtos também foram lembrados como higiene pessoal (62,9%), farmacêuticos (39%) e pets (18,5%).

+Outlet de Páscoa: marcas dão desconto de até 70% em ovos e chocolates

A IFec RJ também perguntou aos cidadãos do Rio quais foram as principais mudanças na rotina durante a pandemia. A pesquisa comprovou que 78,8% evitam sair de casa; 74% evitam aglomerações; 72,8% lavam as mãos com frequência; 68,2% utilizam álcool em gel para higienização das mãos; 51% utilizam máscara de proteção; 38,5% não compartilham objetos pessoais; 37,6% trabalham de casa; e 34,4% utilizam com mais regularidade os serviços que oferecem delivery.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Tudo o que a cidade maravilhosa tem para te
oferecer.
Receba VEJA e VEJA RIO impressas e tenha acesso digital a todos os títulos Abril.
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.