Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Adiado, Rock in Rio diz que ‘não medirá esforços’ para manter atrações

Iron Maiden, Megadeth, Dream Theater e Sepultura já tinham sido anunciados, e agora são dúvida; por causa da pandemia, evento passou para 2022

Por Cleo Guimarães 5 mar 2021, 10h54

A organização do Rock in Rio anunciou oficialmente na noite desta quinta (4) que o festival deste ano, marcado para começar no dia 24 de setembro, foi adiado para 2022. “Toda esta mudança tem como único objetivo preservar a saúde dos milhares de visitantes que habitam as Cidades do Rock durante os dias de festival”, diz a nota. O motivo do adiamento é o atual estágio da pandemia do coronavírus no Brasil e no mundo.

Coronavírus: ‘Não somos culpados’, protestam donos de restaurantes

As estruturas dos eventos tanto no Brasil quanto em Portugal (o festival em Lisboa também passou para 2022) precisam começar a ser montadas, no mais tardar, em abril, E isso não é possível agora por causa do recrudescimento da pandemia. No Rio, o festival agora está previsto para acontecer entre os dias  2, 3, 4, 8, 9, 10 e 11 de setembro de 2022. Em Lisboa, ele deve ser realizado em junho.

‘Quase lockdown’: Paes decreta novas restrições para o Rio; saiba quais

Iron Maiden, Megadeth, Dream Theater e Sepultura abririam o Palco Mundo no dia 24 de setembro deste ano, mas ainda não é certo que o line up será o mesmo em 2022. Questionado por um internauta se as atrações já anunciadas seriam mantidas, os organizadores do Rock in Rio escreveram a seguinte resposta em seu perfil oficial no Twitter: “Te digo uma coisa: não medirei esforços pra manter os artistas já anunciados no line-up”. 

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

Continua após a publicidade

Publicidade