Clique e assine por apenas 4,90/mês
Vinoteca Por Marcelo Copello, jornalista e especialista em vinhos Marcelo Copello dá dicas sobre vinhos

O Cravo brigou com o VINHO – dicas de como cambinar vinho e cravo

O cravo, cravo-da-índia , ou é uma especiaria poderosa, com grande concentração de aromas, contendo 20% de óleos essência.

Por Marcelo Copello - 18 nov 2017, 14h57

Por Marcelo Copello

O cravo, cravo-da-índia , ou  é uma especiaria poderosa, com grande concentração de aromas, contendo 20% de óleos essência.

Toda esta força pode ajudar ou atrapalhar seu vinho, dependendo de como for usada.

O cravo é muito saudável, por suas propriedades antissépticas (é bastante usado na odontologia), rico em minerais e vitaminas, auxilia a circulação, o sistema imunológico, é expectorante, analgésico, antioxidante, anti-inflamatório, é digestivo, acelera o metabolismo e ajuda no controle do colesterol.

Uma curiosidade que achei a Wikipedia: no início do século XVI um quilo de cravo equivalia a sete gramas de ouro.

No que diz respeito ao vinho, cravo é um aroma bastante encontrado nos vinhos, tintos e brancos. Os barris de carvalho contém Eugenol, o composto aromático principal dos cravos. Quanto mais envelhecido e tostado for o carvalho da barrica, mais Eugenol terá, e mais aroma de cravo passará ao vinho.

Continua após a publicidade

Um toque de cravo no prato poderá tornar fantástica sua combinação com um determinado vinho, ao mesmo tempo que excesso de cravo pode simplesmente matar sua receita e harmonização.

Aí vão algumas dicas:

PRATOS PARA TINTOS POTENTES COM MUITA MADEIRA

– Paleta de Cordeiro assada com especiarias, marinar de véspera com vinho tinto, cravo, canela, anis estrelado, gengibre, cominho, pimenta do reino, alho e cebola.

– Tahine de Cordeiro (cozido com cravo, cardamomo e noz moscada) https://www.youtube.com/watch?v=Lrimo5R4Of0

– Pot-au-feu – http://gnt.globo.com/receitas/receitas/pot-au-feu.htm

Continua após a publicidade

– Cincinnati Chili – https://pimentasnacozinha.wordpress.com/tag/chili-cincinnati/

PRATOS PARA TINTOS DE MÉDIO CORPO, COM ALGUMA MADEIRA

– Salmão grelhado com cravo, pimenta do reino preta, noz-moscada e gengibre

– Risotto de cravo e beterraba – http://gnt.globo.com/receitas/receitas/risoto-de-beterraba-da-rita-lobo.htm

– Codorna assada com mel, cravo, canela e anis estrelado.

– Frango grelhado com gergelim, cravo, canela e erva doce.

Continua após a publicidade

VINHOS QUE ACOMPANHAM BEM PRATOS COM CRAVO

– Pinot Noir do Novo Mundo com madeira

– Zinfaldel com madeira

– Tempranillo espanhol encorpado e com madeira

– Grenache ou Garnacha com madeira

– Tintos do Sul do Rhône como o Chateauneuf-du-Pape

Continua após a publicidade

– Touriga Nacional do Douro

– Mencía (Bierzo-Espanha)

– Mourvedre (sul da França. Bandol)

SOBREMESAS COM CRAVO (abacaxi e morango combinam muito bem com cravo)

– Banyuls, Maury, Rasteau, Rivesaltes

– Monastrell dulce, Jumila

Continua após a publicidade

– Pedro Ximénez

– Porto vintage novo

DICA: Queijos como Brie e Camembert combinam melhor com vinhos brancos, mas se você quiser que eles casem bem com seu tinto, faça o seguinte: embrulhe o queijo com alguns cravos e deixe 2 dias na geladeira. Antes de servir retire os cravos e deixe o queijo chegar a sua temperatura ideal (cerca de 20oC)

DICA: colocar cravos na gordura de pato quente e depois deixar na geladeira por alguns dias. Remover os cravos e usar a gordura para cozinhar

Publicidade