Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Vinoteca Por Marcelo Copello, jornalista e especialista em vinhos Marcelo Copello dá dicas sobre vinhos

Chianti Classico, 500 vinhos em prova

Por Marcelo Copello Quanto nos convidam para um aniversário de 300 anos a gente não falta. O vinho italiano mais famoso do mundo, cujas fronteiras foram demarcadas em 1716, apagou 300 velinhas em uma recente celebração em Florença-Itália. O evento fez parte do Anteprima Toscana, semana de lançamentos das novas safras dos vinhos da mais […]

Por marcelo Atualizado em 25 fev 2017, 17h36 - Publicado em 11 mar 2016, 17h45

Por Marcelo Copello

Quanto nos convidam para um aniversário de 300 anos a gente não falta. O vinho italiano mais famoso do mundo, cujas fronteiras foram demarcadas em 1716, apagou 300 velinhas em uma recente celebração em Florença-Itália. O evento fez parte do Anteprima Toscana, semana de lançamentos das novas safras dos vinhos da mais glamurosa região italiana, berço do Renascimento.

 

Chianti Classico e Chianti

Antes de prosseguir é imporante diferenciar as denominações Chianti Classico e Chianti. A primeira se refere a área original, demarcada em 1716, localizada entre Siena e Florença. A segunda, bem maior em área, é a região em torno, que é subdividida em diversas zonas. Apesar de compartilharem o mesmo nome, são regidas por dois consórcios diferentes e fizeram dois eventos em Florença em dias e locais separados. Tive a sorte de estar em ambos, que ofereciam um total de 768 vinho em prova para profissionais de todo o mundo. Hoje falo do Chianti Clássico e no próximo post do Chianti.

 

Duas importantes novidades

Duas boas novidades de alto relevo foram anunciadas nesta semana de eventos. A primeira é a criação da AVITO – Associazione del Vino Toscano – entidade que congregará de forma official todos os Consorzios dos vinhos da região. A segunda, não menos importante, é a candidatura da região do Chianto Classico a patrimônio da Unesco.

 

Entrevista com Sergio Zingarelli, presidente do Consorzio Chianti Classico

Em entrevista excluiva na Stagione Leopolda, local do evento, Sergio Zingarelli, presidente do Consorzio Chianti Classico, falou sobre os 300 anos da demarcação da região e sobre a qualidade das safras em lançamento.

Clique na imagem e assista o vídeo

Captura de Tela 2016-03-11 às 3.24.09 PM

Sergio Zingarelli

 

Chianti Classico em números

O Consorzio Chianti Classico reúne 580 vinícolas, que ao ano produzem cerca de 29 milhões de litros de Chianti Classico, no valor de € 400 milhões. Deste volume 80% é exportado para mais de 100 paises e as vendas estão em alta. Em 2015 subiram 8% e desde 2009 nada menos que 48% mais Chianti Classico foi vendido.

 

As Provas de Chianti Classico

No evento foram apresentados à prova 587 rótulos. Vejam o incrível filme das garrafas – é quase 1 Km de Chianti Classico.

Clique na imagem e assista o vídeo

Captura de Tela 2016-03-11 às 3.27.12 PM

 

Abaixo alguns destaques dentre os quase 200 vinhos que provei nos dois dias de evento.  Antes só um detalhe: é importante lembrar que segundo as regras atuais, todo Chianti Classico precisa ser 80-100% Sangiovese, com 0-20% de quaisquer outras uvas tintas.

 

Veja tudo em detalhes em: www.marcelocopello.com

20160311114536

Chianti Classico 2012 – Fontodi  – Sangiovese 100%.

Rubi-granada, entre claro e escuro. Aroma com nota de madeira na frente, elegante, frutas maduras, tostados, cerejas, amoras, couro e tabaco. Paladar de médio-bom corpo, taninos finos e ainda presentes, ótima acidez, está em um momento ótimo, ainda com bons taninos e já integrado e pronto. 91 pontos

Chianti Classico  2013 – Querciabella – Sangiovese 100%. Granada quase escuro. Aromas intenso e denso, de frutas de boa maturidade, cerejas, amora, madeira bem casada, especiarias, tabaco, couro. Paladar de bom corpo, com taninos finos e secantes, boa acidez, bem proporcionado, excelente. 91pontos

Chianti Classico Brolio Bettino 2013 – Barone Ricasoli – Sangiovese 90%, outras 10%. Rubi violáceo entre claro e escuro. Aroma elegante e muito bem integrado de fruta bem definida, cerejas, madeira discreta, tostado, especiarias, tabaco. Paladar de médio-bom corpo. Taninos e acidez dão o tom de um vinho deliciosamente gastronomico e pronto. 90 pontos

Chianti Classico Fonterutoli 2014 – Castello di Fonterutoli –  Sangiovese 90%, Malvasia Nera 5%, Colorino 3%, Merlot 2%. Vermelho rubi violáceo entre claro e escuro. Aroma limpo e fresco, com frutas mais negras e maduras. Paladar de médio corpo, bom equilibrio acidez-maciez, com taninos presentes, equilibrado e gastronômico. 90 pontos

Continua após a publicidade

Chianti Classico 2014 – Badia Coltibuono – Sangiovese 90%, Canaiolo 4%, Ciliegiolo 3%, Colorino 3%. Rubi entre claro e escuro com reflexos violáceos. Nariz elegante e fresco, floral, com notas de frutas vermelhas. Paladar leve e com boa tensão, taninos finos e presentes,  acidez nervosa, gastronomico, excelente. 89 pontos

Chianti Classico L’Aura 2013 – Querceto di Castellina – Sangiovese 100%. Granada quase escuro. Aromas de frutas maduras, cacau, especiarias, alcaçuz, azeitona. Paladar de médio-bom corpo, com boa estrutura de taninos, finos, acidez aquilibrada, bom conjunto. 89 pontos

Chianti Classico  2013 – San Fabiano Calcinaia – Sangiovese 85%, Canaiolo 5%, Colorino 5%, Merlot 5%. Granada escuro. Aromade boa intensdade e frescor, com frutas mais maduras, madeira, nota vegetal. Paladar de médio-bom corpo, taninos nervosos, boa acidez, conjunto de boa tipicidade e equlibrio. 89 pontos

Classico 2013 – ​Bibbiano Chianti – Sangiovese 97%, Colorino 3%. Rubi-granada, entre claro e escuro. Aroma elegante e delicado, de frutas maduras, madeira usada, couro e cogumelos. Paladar de médio corpo, tanino finos, prontos, acidez bem casada, um vinho já com alguma evolução, chegando ao seu auge. 88 ponto

Chianti Classico Pèppoli 2014 – Antinori – Sangiovese 90%, Merlot e Syrah 10%. Rubi entre claro e escuro com reflexos violáceos. Intenso, fresco, frutado, nota de tostados, café. Paladar deleve a médio corpo, taninos um pouco rúscitos, boa acidez, simples e gastronomico, com ótima tipicidade. 87 pontos

Chianti Classico 2014 – Carpineto –  Sangiovese 80%, Canaiolo 20%. Vermelho rubi violáceo entre claro e escuro. Aroma fresco de frutas maduras, cerejas, muitas especiarias, madeira usada, alcaçuz, azeitona. Paladar de médio corpo, taninos secantes, um pouco rusticos, acidez equilibrada. Gastronômico e para consumo jovem. 87 ponto

Chianti Classico Ama 2014 – Castello di Ama  – Sangiovese 96%, Merlot 4%. Vermelho rubi violáceo entre claro e escuro. Aroma discreto, de frutas vermelhas, especiarias, flores. Paladar de leve a médio corpo, seco, com taninos um pouco rusticos, boa acidez, gastronômico e de boa tipicidade.  87 pontos

Chianti Classico 2013 –  Isole e Olena – Sangiovese 80%, Canaiolo 15%, Syrah 5%. Granada entre claro e escuro. Aroma elegante, de couro, frutas secas, especiarias, flores secas. Paladar de leve e médio corpo, já com taninos resolvidos e acidez equlibrada, pronto. 87 pontos

Chianti Classico RBB 1961 2012 – Cantina Sociale di Geggiano – Sangiovese 90%, Canaiolo 10%. Granada entre claro e escuro. Aroma intenso e bem integrado, de frutas de boa maturidade, com especiarias, cerejas, amora, alcaçuz, baunilha. Paladar de médio corpo, macio, bons taninos e acidez, um pouco curto. 87 pontos

Chianti Classico 2010 – Solatione – Sangiovese 85%, Merlot 10%, Colorino 2.5%, Canaiolo 2.5%. Granada alaranjado entre claro e escuro. Aroma já com evolução, couro, frutas secas, nota animal. Paladar seco, com taninos um pouco rusticos, boa acidez. 86 pontos

Chianti Classico 2014 – Brancaia -Sangiovese 98%, Canaiolo 2%. Vermelho rubi violáceo entre claro e escuro. Aroma fresco e frutado, com fruta ácida, morangos, framboesas, alcaçuz. Paladar leve, um pouco magro, com taninos e acidez bem vivos, gastronômico. 86 pontos

Chianti Classico 2013 – Fontodi –  Sangiovese 100%. Rubi-granada, entre claro e escuro. Aroma fresco, de frutas ácidas, pelica, especiarias. Paladar muito seco, com taninos e acidez nervosos, ainda jovem, com personalidade, precisa ser acompanhado de comida, pois ainda está muito àspero. 86 pontos

Chianti Classico Le Corti 2013 – Principe Corsini-Villa Le Corti – Sangiovese 95%, Canaiolo 3%, Colorino 2%. Granada entre claro e escuro. Aroma intenso e de boa complexidade, com notas de azeitona, tabaco, frutas maduras. Paladar seco, com taninos um pouco rusticos, boa acidez, gastronômico e com boa tipicidade. 86 pontos

Chianti Classico Clementi VII 2012  Castelli del Grevepesa  – Sangiovese 100%. Granada quase escuro. Aromas de médio ataque, com alguma evolução, notas de pelica, cacau amargo, frutas secas, alcaçuz. Paladar de médio corpo, seco, com taninos ainda presentes, boa acidez, cai um pouco no final. 86 pontos

Chianti Classico 2013 – I Sodi – Sangiovese 93%, Canaiolo 7%. Rubi-granada, entre claro e escuro. Aromade fruta doce, goselha, framboesa, baunilha, nota verde. Paladar seco, de medio corpo, um pouco magro no meio de boca, com taninos presentes e boa acidez. 85 pontos

Chianti Classico Berardegna 2014- Fèlsina – Sangiovese 100%. Rubi-granada, entre claro e escuro. Aroma já com alguma evolução, notas de couro, frutas secas, especiarias. Paladar seco, um pouco magro e curto, com bons taninos e acidez. 84 pontos

Chianti Classico  2013 – Poggio al Sole – Sangiovese 90%, Canaiolo 5%, outra 5%. Granada entre claro e escuro. Aroma discreto, de frutas secas, frutas ácidas, especiarias. Paladar seco e um pouco magro e curto, taninos e acidez presentes. 84 pontos

Chianti Classico Volpaia 2014 –  Castello di Volpaia – Sangiovese 90%, Merlot 10%. Vermelho rubi violáceo entre claro e escuro. Aroma de fruta ácida com uma nota verde. Paladar leve, um pouco magro e curto, com taninos secantes. 83 pontos

Chianti Classico La Palaia 2012 – La Madonnina – Sangiovese 85%, Cabernet Sauvignon 15%. Granada entre claro e escuro. Aroma com uma nota animal de brett, frutas maduras, especiarias, couro. Paladar seco, de médio-bom corpo, taninos secantes, boa acidez, rustico. 83 pontos

Chianti Classico Sicelle 2012 – Pasolini Dall’Onda – Sangiovese 95%, outras 5%. Granada entre claro e escuro. Aroma com uma nota animal de brett casada com notas de cereja sotto spirito, ervas e especiarias. Paladar de médio corpo, taninos um pouco rusticos, um pouco curto. 82 pontos

Chianti Classico Riserva 2011 – Querciabella – Sangiovese 100%. Rubi-granada entre claro e escuro. Aroma intenso e fino, com notas de bosque, fruta madura, madeira bem integrada, cerejas, café. Paladar de médio corpo, taninos secos e muito finos, acidez boa, conjunto bem proporcionado e elegante, delicioso e com finesse. 93 pontos

Chianti Classico Riserva 2012 – Banfi – Sangiovese 90%, Colorino 5%, Cabernet Sauvignon 5%, Granada entre claro e escuro. Aroma elegante, já com notas de evoução, madeira, couro, frutas secas, muitas especiarias, Paladar de médio corpo, taninos finos, secos, acidez equlibrada, excelente conjunto, com finesse e tipicidade. 92 pontos

Chianti Classico Riserva 2010 – Villa Trasqua Fanatico Granada quase escuro. Aroma intenso e vegetal, com notas de ervas, azeitona preta, frutas maduras, amoras, madeira nova, tabaco. Paladar de bom corpo, boa estrutura de taninos, doces e finos, boa acidez. 90 pontos

Chianti Classico Riserva Villa Antinori 2013  – Antinori –  Sangiovese 90%, Cabernet Sauvignon 10%. Rubi violáceo entre claro e escuro. Aroma itenso, fruta um pouco queimada/cozida, tostados, madeira, couro. Paladar seco, de médio-bom corpo, taninos presentes, acidez muito boa, precisa de mais tempo de garrafa para se integrar, me parece no meio do caminho entre juventude e plenitude. 88 pontos

Chianti Classico Riserva 2009 – Stomennano Sangiovese 80%, Canaiolo 20%. Granada entre claro e escuro. Aroma de pouca intensidade, mais etéreo, com notas de pelica, couro, madeiras, cedro, frutas secas. Paladar de médio corpo, taninos secos e finos, já maduro. 87 pontos

Chianti Classico Riserva Vigneto Odoardo Beccari 2010 – Vignavecchia Sangiovese 90%, Canaiolo 10%. Granada entre claro e escuro. Aroma com um pouco de brett, animal, couro, madeira velha. Paladar de médio corpo, seco, taninos de media estrutura, secantes, um pouco

Mais em www.marcelocopello.com

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade