Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Bruno Chateaubriand Por Bruno Chateaubriand, jornalista

COVID-19: “Não foram aplicadas doses vencidas da AstraZeneca no Rio”

Membro do comitê de enfrentamento à Covid-19 do Rio de Janeiro, o médico Dr. Luiz Werber Bandeira afirma que não foram aplicadas vacinas vencidas na cidade

Por Bruno Chateaubriand Atualizado em 7 jul 2021, 14h48 - Publicado em 6 jul 2021, 11h54

Nos últimos dias, o fantasma de que 26 00 pessoas do país teriam recebido doses vencidas da vacina AstraZeneca ligou o sinal de alerta para verificação de dados de pesquisadores. Comitês foram acionados e novos relatórios foram feitos. O chefe de imunologia clínica da Santa Casa de Misericórdia e membro convidado do Comitê Especial de enfrentamento à Covid-19 afirma: “Não foram aplicadas vacinas vencidas na cidade do Rio de Janeiro”, diz  Dr. Luiz Werber-Bandeira, que completa: “Os lotes da capital são catalogados. Temos estocadas 350 000 vacinas para segundas doses”. Em reunião realizada dia 5 de julho, foi apontado que, só na capital, foram vacinadas 3.143.234 pessoas e que não existe mais fila de espera para hospitalização. Os dados serão publicados em Diário Oficial.

 

Publicidade